Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

11/05/2011 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Aposentados de Santa Catarina e Paraná são vítimas de golpe com empréstimo consignado


SÃO PAULO - Uma consultoria financeira é acusada de dar um golpe financeiro em aposentados dos estados de Santa Catarina e Paraná. A consultoria financeira VC fraudava pedidos de empréstimo consignado. Segundo a polícia, a empresa fazia o idoso assinar vários papéis e liberava valores maiores do que o esperado. Quando o aposentado ia ao INSS, o dinheiro já tinha sido descontado. A fraude pode passar de R$ 10 milhões.

Maria Izabel Roque, que recebe um salário mínimo por mês, foi uma das vítimas. Ela fez um empréstimo de R$ 2.200 reais com a VC Consultoria. Deveria pagar R$ 69 por mês. Mas no contracheque começaram a vir outros descontos, um no valor de R$ 83 e outro de R$ 9.

- Eles me ligaram e disseram que o dinheiro estava disponível - disse a aposentada.

Um homem que trabalha na VC Consultoria contou como funciona o esquema.

- O correspondente vai na casa da pessoa, faz ela assinar um contrato. Está escrito um valor, mas a empresa lança outro. Por exemplo, a pessoa tem R$ 10 mil disponível e quer R$ 2 mil. Eles lançam R$ 10 mil e a pessoa tem que se virar - disse o funcionário que não quer se identificar.

Quando o aposentado descobre que foi lesado, tem dificuldade para cancelar o contrato.

- Eles desligam o telefone na cara quando alguém tenta reclamar - contou o funcionário.

Maria Izabel precisou ir pessoalmente até a consultoria e ao INSS para cancelar os empréstimos irregulares. O gerente do INSS no Paraná, Altamir Cardoso, disse que esse tipo de autorização de desconto em folha nem é analisado pela previdência, já que as próprias financeiras têm uma senha para autorizar o desconto em folha.

O Ministério Público e a polícia vinham investigando o caso há pelo menos um ano. Nesta quarta-feira, todas as lojas da VC Consultoria no Paraná e em Santa Catarina foram fechadas por policiais. A polícia também prendeu seis pessoas. Inclusive os donos. Um deles já havia sido detido em 2004 por aplicar um golpe parecido.

Neviton Pretty Caetano tinha uma empresa com o nome de Vera Cruz, também fechada por enganar os clientes. Ele foi preso por estelionato e há dois anos montou a VC Consultoria, que de acordo com o Ministério Público estava no nome de uma sobrinha dele.

O advogado da empresa informou que ainda não teve acesso às acusações e vai entrar com pedido na justiça para libertar os clientes.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 163 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal