Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/08/2007 - Gazeta Mercantil Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

BEBIDAS: Nova metodologia identifica fraude em sucos de uva


SÃO PAULO, 15 de agosto de 2007 - O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) vai começar a usar nova metodologia para detectar a qualidade dos sucos, refrescos e néctares produzidos a base de uva. Por intermédio de método analítico, os fiscais federais agropecuários poderão identificar a presença de açúcar - principalmente o de cana - nesses produtos, quando adicionados além dos limites permitidos.
"Agora, podemos identificar e autuar eventuais fraudes nessa área", diz a diretora do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal (Dipov/Mapa), Ângela Peres. A fiscalização de sucos, refrescos e néctares a base de uva é realizada pela Coordenação de Vinhos e Bebidas do Dipov/Mapa.
As amostras coletadas pelos fiscais federais agropecuários são enviadas para análise na rede Lanagro (Laboratório Nacional Agropecuário) ou nos laboratórios credenciados pelo ministério. Desses, só dois estão habilitados atualmente para o serviço: o Laren, no Rio Grande do Sul, e da Unesp em Botucatu (SP).
A análise dos percentuais de açúcar nos sucos, refrescos e néctares de uva atende a uma reivindicação do setor. Com o uso dessa técnica (método analítico para determinação da razão isotópica do carbono), destaca Ângela Peres, o ministério poderá comprovar eventuais fraudes nessa área, além de dimensionar a extensão do suposto problema. O emprego dessa metodologia foi aprovado recentemente pela Coordenação Geral de Apoio Laboratorial (Cegal) do Mapa.
A diretora do Dipov/Mapa lembrou ainda que já há método para identificação de água e açúcar exógenos em vinho.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 407 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal