Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

11/05/2011 - O Norte Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

"Playboys" fizeram mais de 5 mil vítimas em dois estados

Por: André Resende

Presos na Operação Playboy clonaram cartões de clientes de João Pessoa e Recife. Onze estão presos.

Com base nas investigações, estimamos que desde o início da atuação da quadrilha, por volta de dois anos atrás, até agora, cerca de cinco mil pessoas tenham sido vítimas da quadrilha especializada na clonagem de cartões de crédito, nos estados de Pernambuco e Paraíba". A afirmação foi feita na tarde de ontem pelo delegado do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Paraíba, Jean Francisco, em relação à atuação da quadrilha presa na Operação Playboy. Ontem, mais três pessoas envolvidas na quadrilha foram presas. Com as prisões de Jonatah Gregory, 28, Lenílson de Sousa Santos, 23, e Sadan Amorim da Costa, 20, o número de pessoas detidas através da operação subiu para 11. Ainda são procurados mais seis envolvidos na máfia, sendo que três já estão com mandados de prisão expedidos e outros três já tiveram o pedido feito à justiça.

Os três rapazes detidos foram presos nos bairros do Bessa e Centro. Nenhum deles resistiu a prisão e foram pegos em flagrante, com todo o materialusado nas operações, dentre eles pen-drives, um computador, quatro equipamentos conhecidos por 'ratinho', utilizados para capturar os dados dos cartões das vítimas e um outro aparelho chamado de 'régua'. Jean Francisco explicou que a quadrilha atuava com as maquinetas de cartão de crédito utilizadas nos estabelecimentos comerciais, principalmente de João Pessoa e Recife. "Utilizando essa aparelhagem que nós apreendemos com eles, o bando conseguia capturar os dados da maquineta, repassar para um computador e alterar a tarja magnética dos cartões de cada integrante da quadrilha pela dos cartões clonados", comentou.

Conforme os próprios detidos informaram, foram desviados um montante de R$ 3 milhões durante os dois anos de atuação efetiva da quadrilha. Grande parte do dinheiro desviado teria sido gasto em viagens, compra em lojas e conveniências de postos de gasolina, bem como em festas sediadas nos melhores restaurantes da capital. "As nossas suspeitas iniciais é de que a quadrilha seja formada por um total de20 pessoas. Esse número é apenas uma aposta nossa baseada nas investigações, talvez os envolvidos nessa quadrilha da máfia de clonagem de cartões seja superior a essa nossa suspeita", ressaltou o delegado.

Os três jovens presos irão res ponder processo por formação de quadrilha, furto qualificado e estelionato. Estavam ainda sob a posse dos criminosos dois carros Celta, sete cartões de crédito e R$ 1,4 mil em dinheiro, material que também foi apreendido.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 704 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal