Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

06/04/2011 - TVI Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

«Fim do euro» levou idosa a entregar 5 mil euros

Os dois homens disseram à idosa que eram médicos e que prestavam apoio a idosos convencendo-a a trocar dinheiro por «moeda nova de substituição ao euro».

Uma idosa de S. Miguel do Mato, Arouca, foi burlada em cinco mil euros, na terça-feira, por dois jovens que se apresentaram como médicos e que propunham trocar o dinheiro pela «moeda nova que vai substituir o euro».

Fonte do comando da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Aveiro disse à Lusa que a senhora de 82 anos mora numa zona isolada com o marido invisual, de 86 anos, e foi abordada por volta das 13 horas por dois jovens aparentando 30 a 40 anos, com cabelo curto e estatura média, um envergando uma camisa preta e outro uma branca, e ambos a circular numa Renault Kangoo.

«Disseram à senhora que eram médicos e que prestavam apoio a idosos que vivem em áreas isoladas. Depois de muita conversa, lá ganharam a confiança da mulher e convenceram-na de que o euro ia ser substituído por causa da crise. Conseguiram que ela lhes entregasse cinco mil euros para serem cambiados pela moeda nova», informou a fonte da GNR.

Só ao fim da tarde, quando a octogenária se apercebeu de que os indivíduos não regressavam com o dinheiro que lhes entregara, é que alertou a filha e foi denunciar o caso às autoridades.

A GNR de Aveiro referiu que o dinheiro roubado «foi todo reunido em notas pequenas, não superiores a 50 euros cada», com excepção para «uma de 200 euros, que era a menina-dos-olhos da senhora».

«Ela andou a correr a casa inteira, a juntar o dinheirinho todo que tinha escondido por vários cantos. As pessoas de idade costumam ter o pé-de-meia em casa e, como não confiam nos bancos, isso levou a senhora a acreditar ainda mais nessa história de que a crise ia acabar com o euro e fazer aparecer uma moeda nova», contou o agente da GNR.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 122 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal