Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

06/05/2011 - odiario.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Policiais alertam para golpes em idosos na região do Norte Pioneiro

Por: Pauline Almeida


Os policiais militares do 2º Batalhão alertam os idosos para a existência de golpistas na região do Norte Pioneiro. A preocupação foi deflagrada por causa de um golpe dado em Pinhalão (145 km de Londrina), nesta quarta-feira (4). Um casal de idosos foi abordado por duas pessoas pessoas que diziam ser do Banco Central e precisavam recadastrar os cartões de benefício da aposentadoria de ambos.

O casal forneceu os cartões para que eles pudessem copiar e atualizar os dados e, quando os golpistas foram embora, percebeu que os cartões deixados eram de outras pessoas. Os suspeitos seriam um homem moreno claro de cabelos escuros e um segundo homem de olhos azuis. Eles fugiram em um carro cinza.

Os policiais fizeram buscas pela região, mas não encontraram ninguém que correspondia à descrição. Os cartões falsos foram apreendidos e entregues na Delegacia de Polícia Civil de Tomazina (156 km de Londrina).

A Polícia Militar identificou os principais golpes já registrados e pede atenção.

Conto da aposentadoria

O golpista se identifica como fiscal da previdência e se prontifica a conseguir o benefício da aposentadoria, mesmo se o idoso nunca tiver feito a contribuição mensal necessária. A vítima paga várias parcelas pelo trabalho até descobrir que foi vítima de estelionato. As denúncias desse tipo de golpes podem ser feitas pelo Prevfone (0800-780191), de segunda a sábado, das 7 às 19 horas.

Golpe do reajuste atrasado

O estelionatário aparece como um funcionário de algum sindicato dizendo que a vítima tem benefícios atrasados e se oferece para agilizar o processo. Ele pede documentos e um depósito de 10% do valor total do benefício e, assim que recebe o dinheiro, foge.

Recadastramento bancário

É realizado por telefone, quando o golpista liga para a vítima e diz ser funcionário do banco da qual ela possui conta. Ele induz o idoso a fazer o recadastramento, digitando os números da agência bancária, conta e senha. Com equipamentos eletrônicos, ele descodifica os números digitados e saca o dinheiro da conta.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 136 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal