Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

06/05/2011 - Diário do Pará Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Sead investigará indícios de fraudes


A secretária de Estado de Administração, Alice Viana, determinou ontem (5) a abertura de sindicância administrativa para apurar possíveis indícios de fraude em 21 exames admissionais realizados por candidatos do concurso público para preenchimento de vagas na Secretaria Estadual de Educação (Seduc). Os indícios foram detectados pela Diretoria de Gestão de Política de Saúde Ocupacional do Servidor, vinculada à Sead, na última quarta-feira.

Alice informou que, além da sindicância, encaminhou ao secretário de Estado de Segurança Pública, Luiz Fernandes, pedido para que a denúncia seja apurada pela polícia. “As providências que tomamos têm como objetivo preservar a lisura nos processos de nomeação dos concursados e também preservar os próprios concursados”.

Os indícios de fraude aconteceram em um laboratório no município de Castanhal. Os candidatos aprovados no concurso, que estão na fase admissional - quando é necessário realizar uma série de exames -, foram ao Centro em busca do laudo psiquiátrico e dos demais exames exigidos para a nomeação.

Os laudos expedidos têm a assinatura do médico Marcelo Neves Seguin Dias e seu registro profissional no Conselho Regional de Medicina (CRM). Porém, Marcelo trabalhou em Castanhal há dez anos e, atualmente, é médico perito da Diretoria de Saúde Ocupacional da Sead.

“Quando o médico se deparou com o laudo de uma candidata e viu que era seu nome, CRM e a assinatura falsificada, constatou que havia indício de fraude e encaminhou o caso para a diretoria, que tomou as providências”, esclareceu Alice, para quem os concursados estão sendo enganados. A candidata que apresentou o laudo pagou à clínica R$ 150 pelos exames eletrocardiograma, hemograma, e laudos psiquiátrico e oftalmológico.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 181 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal