Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

29/04/2011 - Conexão Penedo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Acusado de estelionato é baleado no centro de Maceió


Um suposto estelionatário foi baleado, na tarde desta sexta-feira (29), depois de tentar aplicar um golpe numa loja de departamentos, no centro de Maceió. José Cícero Belo da Silva foi atingido na cabeça ao travar uma disputa corporal com militares lotados no 1º Batalhão da Polícia Militar (1º BPM).

Conforme o tenente-coronel Gilmar Batinga, do Comando do Policiamento da Capital, José Cícero tentava aplicar um golpe quando a Polícia Militar foi acionada e deu voz de prisão ao acusado. Ele, então, teria iniciado uma fuga, sendo detido por populares no Beco da Moeda, próximo à Rua do Sol.

“Quando o acusado foi detido por populares, ele tentou escapar, mas foi abordado por policiais militares. Ele iniciou uma luta corporal com um sargento e, acidentalmente, foi atingido por um disparo na cabeça. Os militares não dispararam propositalmente contra o acusado. Foi acidental”, frisou.

Batinga informou que José Cícero foi levado para o Hospital Geral do Estado (HGE) e não corre risco de morte. De acordo com o comandante do CPC, o disparo atingiu de raspão a cabeça da vítima. O militar informou ainda que, após ser medicado, o acusado será levado para a Central de Polícia.

A Polícia Civil informou que esta não é a primeira vez que José Cícero é acusado pelo crime de estelionato. Os agentes informaram que o acusado é natural de São Miguel dos Campos. Mas não apresentaram mais detalhes.

Populares apresentam outra versão

Embora o tenente-coronel Gilmar Batinga afirme que o tiro foi acidental, populares procuraram à Gazetaweb para denunciar que o militar que efetuou os disparos – cujo nome será preservado – teria atirado propositalmente, durante a luta corporal. O internauta que enviou as fotos ao portal relatou que a vítima informou que estava desarmada e disse que não haveria necessidade do uso da força.

A fonte da Gazetaweb revelou que a bala atingiu a boca e saiu pelo pescoço de José Cícero. Mesmo baleado, ele continuou conversando com os militares e teria reforçado que não haveria a necessidade de violência.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 143 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal