Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

30/04/2011 - Portal Terra / Reuters Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cingapura é reduto de fraudadores de jogos, diz Fifa

Por: Peter Rutherford


Uma "academia de fraudadores de jogos" operando em Cingapura pode ser responsável pela compra de partidas em todo o mundo, disse Chris Eaton, chefe de segurança da Fifa, em uma entrevista a um jornal neste sábado.
Eaton, que trabalhou para a Interpol por mais de uma década antes de se juntar à entidade que controla o futebol, disse ao jornal The New Paper, de Cingapura, que uma investigação global de fraudes em partidas viu muitas das linhas de inquérito concentradas na cidade-estado do sudeste asiático.

"Cingapura parece ter um papel proeminente nessas alegações (fraudes em partidas)", declarou Eaton na entrevista feita na Finlândia.

"Chego à conclusão de que Cingapura parece ter uma academia de fraudadores de jogos, e que muitos dos inquéritos que estamos conduzindo em nome da Fifa estão voltando a Cingapura."

Investigadores entregaram suas descobertas a Sepp Blatter, presidente da Fifa, que já prometeu coibir as fraudes.

Eaton disse que embora as apostas não sejam um problema no futebol, redes criminosas estão ansiosas para lucrar com as dezenas de milhões de euros obtidos pelas fraudes em partidas.

O jornal afirmou que um relato publicado em dezembro de 2009 estimou que 450 bilhões de dólares por ano são apostados na Ásia, somadas apostas legais e ilegais.

"Com esse tipo de lucro financeiro, os criminosos, sendo os animais gananciosos que são, tentam encontrar meios de tirar proveito das oportunidades", acrescentou.

Na Finlândia, a Tampere United foi expulsa de todas as competições pela associação de futebol local no começo deste mês por irregularidades relacionadas a um contrato de marketing.

O comitê disciplinar da associação de futebol finlandesa disse que a Tampere permitiu que a empresa Exclusive Sport PTE Ltd, de Cingapura, influenciasse impropriamente a escalação de jogadores para certas partidas como parte de um contrato de marketing. Desde então a Tampere foi readmitida enquanto aguarda um recurso.

Um cingapuriano que trabalha na Exclusive Sport PTE Ltd. foi detido no final de fevereiro pela polícia finlandesa usando uma identidade falsa. Ele é suspeito de comprar partidas na Finlândia e em outros locais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 247 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal