Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

30/04/2011 - O Liberal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Central de falsificação é desmontada em Sumaré

Por: Ângela Pessoa


A Polícia Civil descobriu, ontem, em Sumaré, um esquema de falsificação de cédulas de identidade, carteiras de habilitação, cheques e carteiras de trabalho.

Em uma casa no bairro Parque Sevilha, policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Americana encontraram centenas de "espelhos" de RG e de CNH de seis estados brasileiros e prenderam Antônio Marcos Jesuíno Pereira, de 38 anos, o "Marcão".

O local foi chamado pela polícia de "Poupatempo do crime", uma alusão à repartição estadual que emite documentos em prazos curtos. Pereira foi autuado em flagrante por estelionato, por falsificação de documentos públicos e privados.

E, por coincidência, o acusado tem um carro Honda Civic, prata, cujo número das placas é 2171. O número do artigo do Código Penal do crime de estelionato é 171. Pereira ficou preso.

O delegado Cláudio Eduardo Nogueira Navarro, da DIG, disse que as investigações feitas há 15 dias indicam que documentos falsos eram vendidos por encomenda. Na casa, que fica na Rua Dois, os investigadores acharam 61 fotografias, do tamanho 3x4, de pessoas que teriam encomendado RGs e CNHs falsas.

"Essas fotografias indicam a possibilidade de serem os interessados em ter documentos falsos. Vamos tentar identificar essas pessoas e convocá-las para prestar declarações", disse o delegado.

Segundo Navarro, o "Poupatempo do crime" falsificava documentos também para fugitivos de presídios e para pessoas que pretendiam aplicar golpes, como abrir contas em banco, fazer compras a crédito e até para adulterar veículos roubados e furtados.

"O material apreendido indica uma atividade intensa e diversificada na falsificação de documentos", explicou o delegado.

A prisão aconteceu às 6 horas. Os policiais da DIG entraram na casa com mandado de prisão, busca e apreensão expedido pela Justiça.

"Fizemos um levantamento a partir das informações que conseguimos e pedimos a autorização à Justiça", disse o delegado. Pereira foi surpreendido pela chegada dos policiais e não ofereceu resistência.

A polícia achou "espelhos" de RGs dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Ceará, Distrito Federal e Amazonas. Havia até uma placa perfurada que permitia a produção dos "furinhos" na foto da cédula de identidade, para dar assemelhar a falsificação a um documento verdadeiro.

Os investigadores da DIG encontraram também folhas de cheques, muitas delas já "prontas" com os nomes dos "correntistas". "Achamos uma carteira de trabalho pronta para ser falsificada, além de um espelho do Conselho Regional de Medicina, o que nos leva a suspeitar de um esquema muito grande de falsificação", comentou Navarro.

Os policiais irão tentar identificar, agora, se existem outras pessoas envolvidas no esquema da falsificação. A polícia vai tentar saber, também, se os "espelhos" são falsos ou se foram roubados ou furtados de Secretarias de Segurança.

Os policiais conseguiram prender, à tarde, na Rodovia Virginia Viel Campo Dall'Orto, que liga o centro de Sumaré à Rodovia Anhangüera, outro acusado de integrar a quadrilha que mora em Nova Odessa. João Alexandre Pereira Neves, de 28 anos. Ele tinha 15 celulares de última geração e espelhos de RG em branco. (Colaborou Bargas Filho)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1031 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal