Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

28/04/2011 - Portal Terra Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Receita: quadrilha teria recebido R$ 25 mi em restituição de IR


O grupo desbaratado nesta quinta-feira na operação Triplo S - ação conjunta da Receita Federal, Polícia Federal (PF) e Ministério Público Federal (MPF) - teria recebido ao longo dos últimos dois anos entre R$ 20 milhões e R$ 25 milhões em restituições fraudulentas. A estimativa foi feita pelo superintendente adjunto da 7ª Região Fiscal da Receita Federal (jurisdição do Rio de Janeiro e Espírito Santo), Marcus Vinicius Vidal Pontes. Ele disse ainda que cerca de 7,5 mil declarações foram encaminhadas pela quadrilha e envolviam 2,5 mil contribuintes.

A operação foi fruto de seis meses de investigações da Receita, que identificou indícios de que um escritório de contabilidade localizado na praça Central de Duque de Caxias agiria como uma fábrica de restituições fraudulentas. Pontes afirmou que os suspeitos "introduziam elementos falsos nas declarações do imposto de renda dos clientes, como dependentes inexistentes, e despesas médicas e com educação de dependentes inexistentes".

As informações divulgadas pela Receita indicam que no escritório trabalhavam cinco pessoas que, segundo as investigações, agiam em conluio na elaboração das declarações e serão investigadas por formação de quadrilha. O superintendente adjunto afirmou também que foram identificados milhares de declarações com suspeita de fraudes e que todos os envolvidos serão chamados para prestar esclarecimentos.

Os envolvidos podem ter que devolver entre R$ 80 milhões e R$ 100 milhões à Receita em autos de infração relativos às fraudes. A Receita Federal disse que na operação Conto do Vigário, deflagrada em 2008, um único contador enviou declarações de mais de 3 mil contribuintes e, embora as investigações ainda estejam em andamento, foram lançados cerca de R$ 45 milhões entre impostos devidos, multas e juros. Houve um contribuinte autuado em quase R$ 200 mil.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 155 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal