Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

29/04/2011 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulher que ajudou a polícia a desmanchar quadrilha de roubo de caminhões é morta no Espírito Santo


BELO HORIZONTE - - Foi assassinada no município capixaba de Domingos Martins uma mulher que ajudou a polícia a desmanchar uma quadrilha de roubos de caminhões que agia em Minas Gerais, Rio e Espírito Santo. Rosemary Bortolini Grecco era funcionária do Detran do Espírito Santo há 10 anos e estava no posto do Ciretran onde trabalhava quando foi morta. Dois homens em uma moto chegaram ao local. O homem que atirou passou por duas pessoas até chegar à mesa onde Rosemary estava. Um deles sacou uma arma e atirou três vezes. Acertou o peito, o pulso e as costas de Rosemary. O delegado João Otacílio Silva, responsável pelo inquérito, que é de Minas Gerais, está no Espírito Santo e desconfia de queima de arquivo.

FANTÁSTICO:Veja reportagem sobre a quadrilha
A prisão da quadrilha foi tema de reportagem do Fantástico no último dia 17. Segundo a polícia, a quadrilha movimentou R$ 2 bilhões e agia principalmente no cruzamento das BR-262, que liga Belo Horizonte ao Espírito Santo, com a BR-116, também conhecida como Rio-Bahia.

O local é passagem obrigatória para boa parte dos caminhões que circulam pelo país e o trecho, com curvas e subidas, fazem o motorista diminuir a velocidade.

Segundo a reportagem do Fantástico, no fim do ano passado, dois rapazes foram presos ao assaltar um caminhão. Eles indicaram como chefe do bando um vereador de Pedra Bonita, cidade do interior de Minas. Ele tinha dois comparsas. Um deles já foi prefeito na cidade e o outro fazia a ponte entre os políticos e os assaltantes. Os três foram presos em dezembro do ano passado.

De acordo com a polícia, a quadrilha também estava infiltrada em Ciretrans, que são as subdivisões dos departamentos de trânsito. Os criminosos conseguiam com facilidade falsificar os documentos e emplacar os veículos.

Muitos caminhões eram supostamente licenciados em Rio Preto, a cidade mineira que fica na divisa com o Rio de Janeiro. No município, com pouco mais de cinco mil habitantes, quase não se vê caminhões rodando pelas ruas, mas na cidade estão registrados quase mil. É como se a cada cinco moradores um tivesse caminhão, um número bem diferente da média nacional, que é de 1 para cada 77 moradores.

No Espírito Santo, os licenciamentos e transferências não precisam ser feitos em Ciretrans. O processo pode ser conduzido por despachantes como um casal que, segundo a polícia, também fazia parte do esquema. Eles transferiam para a cidade caminhões sem qualquer vistoria.

A quadrilha, para justificar a procedência do veículo, informava que os carros haviam sido adquiridos em leilões realizados pela Aeronáutica. Esses leilões eram forjados.

No dia 14 de abril, foi identificado um homem em Volta Redonda, apontado pela polícia como o responsável por contatos com as Ciretrans . Centenas de documentos, computadores e 24 carros foram apreendidos. Ao todo, 23 pessoas foram presas. Eles vão responder por roubo, adulteração de documentos, estelionato, corrupção, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 437 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal