Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

19/04/2011 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende 11 em operação contra jogos de azar na BA

Por: Tiago Décimo


Onze pessoas foram presas hoje durante uma operação da Polícia Federal contra a exploração de máquinas caça-níqueis na região de Feira de Santana, segunda maior cidade da Bahia. A operação visava cumprir 15 mandados de prisão e 38 de busca e apreensão, expedidos pela 2ª Vara da Justiça Federal em Salvador, nos municípios baianos de Feira de Santana e São Gonçalo dos Campos, e também no Rio de Janeiro.

Mais de 200 máquinas caça-níqueis foram apreendidas, além de peças diversas para os equipamentos e R$ 70 mil. Segundo as investigações, iniciadas há quase três anos, a quadrilha operava boa parte dos pontos de exploração de caça-níqueis na região de Feira de Santana e ainda fornecia máquinas e peças para outras quadrilhas na Bahia, em Alagoas e Sergipe. Dois galpões para montagem e reparo dos equipamentos foram fechados.

Os presos, encaminhados para a superintendência da PF em Salvador, vão responder, inicialmente, por exploração de jogo de azar, contrabando e formação de quadrilha. O superintendente da PF em Feira de Santana, José Maria Fonseca, porém, avalia que há indícios de que o grupo tenha cometido outros crimes, como lavagem de dinheiro. Um dos presos, um empresário do ramo têxtil, estaria usando a empresa para legalizar os valores obtidos com o crime.

Fonseca também disse acreditar que há policiais envolvidos no esquema. A suspeita surgiu depois que ficou constatado que os caça-níqueis operados pela quadrilha tinham um selo de identificação. De acordo com testemunhas, o sinal era usado para alertar aos policiais envolvidos que aquelas máquinas não deveriam ser apreendidas em eventuais operações contra jogos de azar.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 110 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal