Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

19/04/2011 - Veja Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulher é presa ao vender emprego falso para Copa

Por: Ricardo Valota


São Paulo - Uma mulher foi presa ontem, no Rio de Janeiro, acusada de vender empregos falsos para a Copa de 2014 e a Olimpíada de 2016 no Brasil. Ela se passava por funcionária da Petrobras ou do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e cobrava até R$ 2 mil para agenciar os candidatos, que tinham como certa a contratação.

Simone Neves, que já tem passagens pela polícia por estelionato, criava e-mails e conversas entre funcionários do Departamento de Recursos Humanos do COB para dar mais realidade ao esquema e, assim, enganar as pessoas. As vítimas eram atraídas pelo altos salários, de até R$ 30 mil, e cargos com expediente flexível. Simone foi presa em frente a um prédio da Petrobrás. No momento da prisão, ela recebia R$ 1 mil de uma vítima. O flagrante foi realizado por agentes da Delegacia de Defraudações (DDEF).

Petrobras, COB e Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informaram que Simone Neves não faz parte do quadro de funcionários nem da relação de prestadores de serviços, e que não conhecem a criminosa. Além da vítima que entregava o dinheiro à estelionatária no momento do flagrante, outras seis pessoas já disseram que foram enganadas por Simone, segundo informou o delegado Fernando Vila Pouca de Souza, titular da DDEF.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 309 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal