Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

13/04/2011 - paraiba.com.br Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Goe prende quatro pessoas acusadas de clonar cartões para aplicar golpes na Capital

Por: Paulo Cosme


O Grupo de Operações Especiais (GOE) prendeu na manhã desta quarta-feira (13) quatro pessoas acusadas de clonar cartões de crédito para aplicar golpe no comércio da Capital. As prisões foram realizadas nos bairros de Manaíra e em Camboinha.

A Operação teve o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual.

Além das prisões, a polícia apreendeu cartões de créditos clonados e vários equipamentos usados para praticar o crime. Os acusados, segundo a polícia, são todos de classe média e já vinham sendo investigados há vários dias.

Segundo o delegado do Goe, Jean Francisco Bezerra Nunes, o grupo é acusado de estelionato, receptação e formação de quadrilha. Os golpes de clonagem seriam aplicados em caixas eletrônicos de postos de gasolina da Capital. Algumas pessoas de fora da Paraíba estariam envolvidas nos crimes.

“As investigações já estavam ocorrendo há algum tempo, mas esperamos o tempo oportuno para prender os acusados em ação. Eles praticavam uma série de outros delitos com o dinheiro que 'arrecadavam' clonando cartões de crédito. Adquiriam veículos roubados, por exemplo, o que caracteriza o crime de receptação”, explicou o delegado. O prejuízo causado pelo grupo ainda não foi calculado.

Até o momento, a operação apreendeu motocicletas, quadriciclos, condicionadores de ar, aparelhos de televisão, entre outros eletrônicos que teriam sido comprados pelos acusados.

Os homens presos em flagrante foram encaminhados para a sede do GOE em João Pessoa, onde permanecem presos. Eles serão interrogados ainda nesta quarta-feira.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 177 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal