Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

11/04/2011 - cidadeverde.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha interestadual é presa na porta de banco com R$ 40 mil

Por: Carlos Lustosa Filho

Acusado foi preso em frente à agência do banco Bradesco com R$ 40 mil em espécie dentro de caixa de sapatos.

A Delegacia de Entorpecentes prendeu na manhã desta segunda-feira (11) três homens dos estados de Mato Grosso e Goiás acusados de praticar lavagem de dinheiro e associação para o tráfico no Piauí. De acordo com a polícia, o total de crimes pode chegar a R$ 200 mil.

Os presos são: Moacir Luiz de Faria, 34 anos; Antonio Marcos Gomes de Lima, 24 anos e José Roberto Rodrigues de Assis, 35 anos.

Segundo o delegado Samuel Silveira, a polícia recebeu uma denúncia de que o bando estaria em Teresina e iria depositar um valor de R$ 40 mil em uma agência do banco Bradesco. “Localizamos a quadrilha no hotel onde eles estavam e seguimos Antonio Marcos que estava com uma caixa de sapato na porta do Bradesco”, descreve. Após ser preso, Marcos denunciou o esquema.

Em seguida, a polícia foi até um outro apartamento que fora alugado pelos acusados onde foram encontrados mais R$ 17 mil. Silveira relata que no local também foram encontrados documentos com indícios de que o grupo traficava drogas como uma relação de pesos como 200kg, 8 kg e o comprovante de um depósito de R$ 59 mil. “Também foram encontradas fotos de Parnaíba, o que indica que eles também estiveram por lá, provavelmente deixando drogas”, descreveu o delegado.

Foram apreendidos ainda três veículos um Fiat Strada cinza (NIB 8535/PI), um Golf (JTO 0406/DF), moto CBR 600 (EFG 6446/SP).

Samuel Silveira diz ainda que esta é uma quadrilha é acusada de lavagem de dinheiro e associação para o tráfico e acredita o trio era responsável pela distribuição da droga em Teresina e que havia uma disputa de território entre eles.

Papel
Segundo a polícia, Moacir seria um dos líderes do grupo. Ele responde a um processo por tráfico de drogas em Brasília. A Marcos cabia fazer os depósitos; ele ganhava R$ 500 por cada um.

O delegado afirma que apenas nesta operação os três tenham juntado um patrimônio de mais de R$ 200 mil e tinham um alto padrão de vida.

Os acusados negam o crime e justificam os R$ 40 mil como sendo apurados pela venda de um caminhão e Antonio Marcos declarou que os R$ 17 mil eram seus. Os três estavam na capital piauiense há 28 dias.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 213 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal