Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

06/04/2011 - Primeira Edição Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

MPE investiga esquema que desviou mais de R$187 mil do Iprev

Por: Fran Ribeiro


Em cinco meses, um analista de sistemas servidor da Prefeitura de Maceió e um empresário desviaram mais de R$ 187 mil do Instituto de Previdência Municipal de Maceió, o IPrev. O promotor de Justiça Marcus Rômulo, da Fazenda Pública Municipal, ingressou com Ação Civil Pública por atos de improbidade administrativa contra os acusados.

Os envolvidos conseguiram desvia a quantia através da concessão de benefícios fraudulentos. Liminarmente, o Ministério Público Estadual solicita a quebra do sigilo bancário dos envolvidos e de 13 contas bancárias de pessoas que podem ter sido usadas como laranjas no golpe. Os nomes ainda não foram divulgados para não atrapalhar o restante do processo.

De acordo com o artigo 12 da Lei de Improbidade Administrativa (8429/92), se condenados, eles vão perder os bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio; terão que ressarcir integralmente o dano; suspensão dos direitos políticos de oito a dez anos; pagamento de multa civil de até três vezes o valor do acréscimo patrimonial e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de dez anos.

A partir de denúncia feita por uma das vítimas do golpe ao MPE. Segundo ela, sua conta bancária estaria sendo utilizada irregularmente, ao aparecer como pensionista do Iprev. Ela descobriu que o dinheiro estava sendo depositado ao cair na “malha fina” da Receita Federal. As investigações foram iniciadas pelo promotor de Justiça Marcus Rômulo que reuniu documentos e constatou a existência de um esquema fraudulento. Logo em seguida, o servidor do Iprev confessou a existência de um golpe e que os beneficiários não tinham conhecimento da fraude.

Segundo o promotor, o analista de sistemas explicou que tinha acesso exclusivo as contas do Iprev e a pedido do empresário inseriu nomes de “possíveis laranjas” na folha de pensionistas. “Ele confessou que fraudou o sistema, inserido os nomes sem a existência dos processos necessários, depois da proposta feita pelo empresário. Nas investigações foi possível, ainda, constatar no programa do Iprev as datas em que as pessoas foram colocadas como beneficiárias”, disse Rômulo.

O servidor, já devolveu a parte dele do dinheiro desviado, mas, isso não tira sua responsabilidade no ato que pode terminar com a condenação.

O Iprev é uma autarquia municipal encarregada de gerir a concessão dos benefícios previdenciários de aposentadorias, pensões, dentre outras prestações previdenciárias do regime próprio de previdência social dos servidores públicos de Maceió. A folha de pagamento dos aposentados, pensionistas e funcionários do Iprev, apesar de ser albergada no sistema de folha de pagamento da Secretaria Municipal de Administração, Recursos Humanos e Patrimônio (Semarhp) é elaborada pelos funcionários do Iprev.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 110 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal