Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

06/04/2011 - Paraná Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende 16 envolvidos em fraude de R$ 16 milhões

Por: Luciana Cristo


A Polícia Federal prendeu, ontem, 16 pessoas envolvidas com o desvio de recursos públicos que foram destinados a organizações da sociedade civil de interesse público (Oscips).

A Operação Dejavu II também cumpriu 33 mandados de busca e apreensão em cidades do Paraná e também de Santa Catarina, Acre, Mato Grosso e Distrito Federal.

Pelo menos R$ 16 milhões foram desviados, dos quais R$ 3,3 milhões do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Esse número ainda pode aumentar muito, segundo a PF, pois as duas Oscips investigadas receberam R$ 104 milhões nos últimos anos.

As investigações foram conduzidas pela PF em Curitiba, depois que notícias de irregularidades foram encaminhadas ao Ministério da Justiça. As fraudes foram investigadas em duas organizações, a Agência de Desenvolvimento Educacional e Social Brasileira (Adesobras) e o Instituto Brasileiro de Integração e Desenvolvimento Pró-Cidadão (Ibidec), que firmaram parcerias com governos municipais e federal.

Notas

Essas Oscips prestavam consultorias fictícias para obter verba, com notas fiscais frias, de acordo com o delegado da PF, Fabiano Bordignon, em projetos nas áreas de saúde, educação e segurança. As empresas de consultoria eram controladas por parentes dos dirigentes ou dos empregados ou ainda por pessoas interpostas.

Além da simulação de contratos (criação de despesas falsas), foi constatado superfaturamento de serviços médicos, cobrança de valores excessivos a título de taxa de administração (até 22%) e utilização de recursos públicos para despesas e aquisição de material permanente na sede dessas instituições.

Ficaram configurados crimes de peculato, associação criminosa e lavagem de dinheiro. A operação teve a participação de 150 policiais federais, 30 agentes da Controladoria Geral da União (CGU) e 20 servidores da Receita Federal. Os nomes dos detidos não foram divulgados, mas as investigações continuam.

Danos atingem municípios

Os danos causados aos cofres públicos ainda são estimados. A fiscalização da CGU sobre a parceria de uma das Oscips com o Ministério da Justiça e com o município de Itaipulândia (oeste do Paraná), envolve valores de R$ 3 milhões a R$ 44 milhões.

Uma das organizações investigadas firmou contratos, entre 2006 e 2009, com Araucária, Cafelândia, Campo Largo, Cascavel, Céu Azul, Colombo, Curitiba, Itaipulândia, Lapa, Missal, Pinhais, Piraquara e São José dos Pinhais, que correspondem a R$ 22 milhões.

Outra Oscip, mantida pela mesma quadrilha, entre 2003 e 2006, firmou contratos com Curitiba, Itaipulândia, Mercedes, Ouro Verde do Oeste, Palotina, Pato Bragado, Santa Helena, Santa Terezinha do Itaipu, São José dos Pinhais, São Miguel do Iguaçu e São Pedro do Iguaçu, cujos repasses correspondem a R$ 65 milhões.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 368 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal