Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

06/08/2007 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpe na previdência

Por: Adilson Rosa


Duas pessoas foram presas e outras oito foram indiciadas por envolvimento num golpe aplicado contra o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) no Estado que resultou num prejuízo de mais de R$ 234 mil aos cofres da instituição. A Operação Prevlider foi desencadeada ontem em Cuiabá pela Polícia Federal (PF), que cumpriu oito mandados de busca e apreensão na Capital e em Várzea Grande.

Conforme o esquema criminoso, a empresa Prevlider aliciava pessoas para aplicar o golpe, que consistia na produção de falsos atestados médicos para obter a concessão do benefício do auxílio-doença e da aposentadoria por invalidez. No esquema participavam uma funcionária do INSS e um perito do órgão.

Segundo a PF, um médico atestava a doença e um perito do INSS a confirmava, quando a pessoa conseguia o benefício. Até agora, a PF identificou 28 pessoas que estão recebendo o dinheiro. Além de devolver os valores, responderão inquérito por estelionato.

Estão presas Eliseth Alves da Cruz e sua filha Mhayra Alves da Cruz, sócias da empresa Prevlider, que funcionava num prédio localizado na rua Batista das Neves, ao lado do INSS, centro da Capital.

Elas contavam com os serviços do médico Ubiratan de Magalhães Barbalho, que trabalhava com mãe e filha. No esquema entravam ainda a funcionária do INSS Ivanilda Coimbra Moreira e o perito Alcir Barion.

A lista se completa com Elivânia Lima Torres, que faria o aliciamento das pessoas interessadas nos serviços da empresa. Todos responderão em liberdade pelos crimes de formação de quadrilha e estelionato qualificado. Ainda falta localizar cinco aliciadores.

Na empresa e na casa de vários envolvidos, os agentes federais apreenderam diversos pacotes com documentos que comprovam a extensão do esquema. Eles estão sendo analisados pelo delegado federal Eliomar das Silva Pereira, da Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários da PF.

Conforme delegado executivo da Polícia Federal, José Maria Fonseca, os 28 beneficiados residem em várias cidades de Mato Grosso. Mas o golpe teria ligação em outros estados. Eles serão chamados para prestar esclarecimentos e poderão ser indicados pelos mesmos crimes dos integrantes do bando.

“Essa operação deveria ser desencadeada amanhã (hoje), mas foi antecipada porque havia o temor de que os envolvidos desconfiassem. O retardamento da operação poderia causar também prejuízos aos cofres do INSS”, explicou.

Fonseca lembrou que o golpe começou a ser aplicado há cerca de um ano e meio, mas as investigações se intensificaram há quatro meses porque houve um número maior de benefícios irregulares. O delegado não informou o valor de cada benefício concedido, mas somente o montante do golpe.

As duas mulheres presas ontem foram interrogadas e seriam encaminhadas para o presídio feminino Maria do Couto May.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 494 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal