Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

31/03/2011 - O Dia Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falsário é preso no Consulado dos Estados Unidos


Rio - Policiais da Delegacia de Defraudações realizaram, nesta quinta-feira, diligências no Consulado Americano, no Centro do Rio, e prenderam Claudiney da Silva Ferraz, 29 anos, com vários documentos falsos com o intuito de obter visto de entrada nos Estados Unidos.

De acordo com o delegado Fernando Vila Pouca de Sousa, uma quadrilha de estelionatários criou um “kit” de documentos falsos, dentro do padrão exigido pela Embaixada Americana, e vêm indicando as pessoas que recorrem aos seus serviços, a procurar atendimento no Consulado do Rio de Janeiro para apresentar esses documentos na tentativa de obter o visto de entrada para trabalhar no país.

Ainda segundo o delegado, as pessoas que recorrem a essa quadrilha, para obter o “kit” de documentos falsos, têm plena consciência de que também estão praticando crime, pelo qual pagam valores que variam de R$ 2.000,00 (dois mil reais) a R$ 3.000,00 (três mil reais).

O preso foi encaminhado para a Delegacia de Defraudações, onde foi autuado pelos crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso, cujas penas somadas variam de 2 a 10 anos de prisão.

Prisão na quarta-feira

Nesta quarta-feira, policiais da Delegacia de Defraudações (DDEF) realizaram uma ação na Rua México, Centro do Rio, nas proximidades do Consulado Americano e prenderam um homem e uma mulher que tinham vários documentos falsos, usados para a obtenção de visto de entrada nos Estados Unidos.

Segundo a polícia, existe uma quadrilha de estelionatários especializada em fraudar documentos para cidadãos que gostariam ir aos Estados Unidos para trabalhar. Os falsários criaram um “kit” de documentos falsos, dentro do padrão exigido pelo Consulado Americano, pelo qual era cobrado o valor de R$ 3 mil. Ainda de acordo com o titular, essa quadrilha tem ramificações em outros estados. As investigações vão continuar com o objetivo de identificar e prender todos os integrantes desse grupo.

Ainda segundo os agentes, após constatarem que os documentos que estavam com os criminosos eram falsos, os dois foram autuados pelos crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 314 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: aguinaldo soares de mello - 07/04/2011 19:53

esse moço nunca me enganou.
ele é lindo e maravilhoso,na cama é um deus grego,mesmo assim ele nunca me enganou. fui o primeiro homossexual de mt a ir pra cama com ele, e ja sentia o cheiro de porcaria vindo dele. mas enfim ele é uma delicia e faz um sexo mto gostoso...tomara que ele se safe dessa .



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal