Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

01/04/2011 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado / Der Spiegel Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude contra BC Alemão

Investigadores descobriram escândalo de 6 mi envolvendo troca de moedas.

Investigadores alemães dizem ter descoberto um imenso escândalo envolvendo a reintrodução de moedas do euro que tinham sido tiradas de circulação e vendidas como sucata para a China. A fraude, que pode custar ao Banco Central alemão a soma de 6 milhões, envolvia funcionários de empresas aéreas - entre eles, equipes de bordo da Lufthansa.

Na quarta-feira, as autoridades realizaram uma busca nos endereços dos funcionários da empresa aérea alemã. Seis pessoas foram detidas.

Todos os anos, toneladas de moedas danificadas do euro são tiradas de circulação e revendidas como sucata. Mas, com frequência, as moedas do euro são simplesmente separadas em duas partes principais - o núcleo e o anel externo - antes de serem entregues aos negociantes de sucata na China.

No país asiático, um grupo remontava as moedas. Os criminosos pagavam quatro funcionários de empresas aéreas para que transportassem o dinheiro de volta à Alemanha. Eles então levavam as moedas ao Bundesbank e as trocavam por dinheiro.

Segundo os promotores públicos de Frankfurt, o Bundesbank alemão é o único estabelecimento em toda a Europa que aceita trocar gratuitamente moedas danificadas. O banco aceita material desse tipo em sacos contendo até 1 mil em moedas. Uma checagem mais rigorosa ocorre apenas periodicamente.

Os promotores dizem que nenhum funcionário do Bundesbank é considerado suspeito. As autoridades estimam que entre 2007 e 2010 o grupo tenha conseguido trocar 29 toneladas de moedas.

Com os chineses, foram apreendidos laptops, documentos e uma prensa que remontava as moedas. Segundo o tabloide alemão Bild, o esquema foi descoberto depois que um funcionário da alfândega reparou num membro da equipe de bordo que tinha dificuldades para arrastar as malas pesadas. Quando elas foram abertas, a alfândega encontrou milhares de moedas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 341 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal