Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

30/03/2011 - Jornal Araxá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem cai no golpe do falso prêmio e perde R$ 500

Vítima acreditou que tinha sido premiada em promoção de uma emissora de televisão.

Um homem foi vítima de um golpe de estelionato na noite de terça-feira, 29, e perdeu os R$ 500 que gastou para colocar créditos em cinco linhas de telefonia móvel. Ele acreditou que tinha sido premiado em uma promoção realizada por uma emissora de televisão e realizou as recargas nos números fornecidos pelo golpista para ter direito ao prêmio.

O homem estava em casa ao lado da mãe e do tio quando recebeu uma mensagem de texto em seu aparelho celular oriundo do número (85) 9955-7680 informando que havia sido sorteado para receber um prêmio de R$ 100 mil no “Grande Páreo da Sorte do SBT”. Ele ligou para o número e foi atendido por um indivíduo que identificou-se como Robson Monteiro da Silva e disse ser auditor fiscal do SBT. O golpista informou à vítima que algumas orientações teriam que ser cumpridas para ter direito ao prêmio.

O estelionatário pediu que o homem não comentasse nada com ninguém e pediu que ele colocasse R$ 100 em créditos da operadora Tim em cada uma dessas linhas de telefonia móvel: (91)8316-8432 / (85) 9983-4007 / (45) 9972-0923 / (85) 9684-3272 / (85) 9663-1634. O golpista alertou a vítima que não deixasse nem a vendedora dos créditos perceber porque senão o SBT não lhe pagaria o prêmio. Para tornar o golpe mais real o homem disse que o nome da vítima seria divulgado no Programa do Ratinho e pediu que toda a família gritasse para uma gravação.

O homem dirigiu-se até uma farmácia na rua Presidente Olegário Maciel, no Centro, para realizar a recarga nos celulares. A atendente desconfiou e acionou a PM. Quando os militares chegaram o homem já tinha comprado R$ 500 em créditos e repassado os códigos ao estelionatário. Somente após a chegada dos policiais foi que ele percebeu que tinha sido vítima do golpe do falso prêmio. O Registro de Eventos de Defesa Social (Reds) foi confeccionado pela PM e entregue na 43ª DP.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1481 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal