Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

26/03/2011 - Agência RBS / A Notícia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Corrupção é crônica, diz Peluso


Presidente do STF comentou caso de PM que baleou jovem desarmadoO ministro Cezar Peluso, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), tratou ontem com certa ironia o episódio em que um adolescente de 14 anos foi baleado à queima-roupa por policiais militares em Manaus. “No Amazonas, tivemos um grave acontecimento em que policiais militares tentaram assassinar um jovem desarmado. Foram flagrados por uma câmera e o jovem se salvou por má pontaria e incompetência policial”, relatou Peluso, ante plateia de estudantes de direito, advogados, delegados e militares no auditório da Fundação Armando Álvares Penteado, em São Paulo.

Participante do 1º Seminário sobre Segurança Pública, o ministro criticou a sucessão de casos de violência e corrupção na polícia. “São graves problemas da área de segurança, a questão crônica da violência e da corrupção. Na Bahia, o governo não pagou a conta e a delegacia ficou sem luz. Em São Paulo, policiais fiscalizando o secretário de Segurança (Antonio Ferreira Pinto).”

O soldado Wilson Henrique Ribeiro da Cunha, um dos sete PMs envolvidos no crime de Manaus, ocorrido em 17 de agosto do ano passado, está foragido. Os outros seis PMs estão detidos em um batalhão. Cunha e seus colegas tiveram prisão preventiva decretada ontem. O vídeo, gravado com câmera particular, mostra o rapaz acuado e alvejado por três tiros.

A Ordem dos Advogados do Brasil do Amazonas repudiou a ação “abusiva e cruel” dos policiais. O Ministério Público informou que os seis policiais foram ouvidos. O relato de um deles, Rosivaldo Pereira, é desmentido pelas imagens feitas por uma rede de TV. Segundo o boletim registrado pela polícia, os soldados, ao abordarem “traficantes de drogas, foram recebidos a tiros e, para se defenderem, reagiram e atingiram o elemento.” Outro soldado foi detido na quarta-feira em uma boca de fumo. Janderson Nunes Ferreira tinha no bolso “pequena quantidade de cocaína”. Disse que a droga era para seu consumo.

Peluso disse que “há tempos o Amazonas se viu obrigado a extinguir a Polícia Civil porque o grau de corrupção era tal que se tornou impossível recuperar agentes”. Ele defendeu a polêmica integração das polícias. Observou que a fusão poderia melhorar o desempenho das corporações que, para ele, mantêm “distanciamento perverso entre si, que recai sobre o cidadão”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 179 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal