Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

25/03/2011 - Convergência Digital Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

No Brasil, 80% dos spam miram roubo de dados bancários


Objetivo maior da distribuição de spam no Brasil é o roubo de informações bancárias: são 80% dos casos, segundo uma medição divulgada nesta sexta-feira pela empresa de segurança Trend Micro. Em outros países da América Latina, este índice é de 40%, diz a companhia.

"Normalmente, estes e-mails são disparados das redes botnets, que são um conjunto de computadores ligados uns aos outros e podem ser controlados à distância por uma única máquina", informou a empresa em comunicado.

Para efeito de comparação, a maior motivação de spam na China é disseminar opiniões de ativistas, que protestam contra o rigor do governo para com a internet.

O estudo indica ainda que o spam não para de crescer e já se tornou um problema mundial. "No dia 14 de janeiro, o Brasil era o responsável pelo envio de 6,8% de todos os spams que circulavam no mundo, somente atrás dos Estados Unidos (10,3%) e da Rússia (8,9%). No mesmo dia, foram registrados cerca de 102 milhões de e-mails indesejados circulando na internet em todo o mundo. A América Latina responde por 20% destas mensagens", disse a companhia em comunicado.

"Um bom exemplo de ameaça que usa a engenharia social como inteligência são os ataques direcionados às redes sociais. Os cibercriminosos escaneiam comunidades e, a partir daí, conseguem informações sobre os gostos e costumes da maioria dos usuários. Em posse dessas informações, criam ameaças específicas para grupos com perfis similares, tornando a distribuição da ameaça mais eficaz", aponta a Trend Micro.

Notícias atraentes, reais ou não, também foram usadas para atrair os usuários -como mensagens sobre celebridades que teriam sofrido um acidente, contendo um link ou anexo que direcionava ao malware. Outro spam utilizou cartões postais on-line para levar os usuários a acessar links mal intencionados ou a fazer o download de anexos maliciosos.

A quantidade de spams distribuídos por essas redes é astronômica. "Só no Brasil, em 2010 circularam 300 milhões de mensagens indesejadas. Cibercriminosos compram e vendem produtos em nome de terceiros e fazem parcerias ilegais para roubar pessoas." Entre as redes mais conhecidas mundialmente, estão Zeus e a Koobface.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 176 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal