Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/08/2007 - O Dia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Apreendidas máquinas de clonagem de cartão em farmácias da Zona Sul

Por: Carla Marques


Rio - Uma investigação da Delegacia Especial de Atendimento ao Turista (Deat) levou à apreensão de três máquinas de clonagem de cartões de crédito e de débito em três lojas de uma grande rede de farmácias na Zona Sul. O delegado Fernando Veloso afirma que as apreensões foram realizadas no final dos Jogos Pan-Ameircanos, nos bairros de Copacabana e Ipanema. Durante todo o ano, 15 pessoas de diferentes quadrilhas especializadas no mesmo golpe foram presas pela Deat.

Segundo o delegado, o esquema de fraude ficou ainda mais sofisticado, porque os estelionatários conseguiram também clonar as senhas para débito automático. Os agentes tinham informações de que uma quadrilha havia migrado de São Paulo para o Rio. Ela teria sido responsável por implantar as máquinas de clonagem em diversas farmácias da Zona Sul. Veloso explica como funcionava o golpe:

"Um falso técnico da operação de cartão aparecia nas lojas, alegava que as máquinas normais estavam em pane e fazia a troca por aparelhos adulterados, com um micro-processador interno responsável pela clonagem dos dados. Os funcionários não desconfiavam, porque o falso técnico levava uma máquina e deixava outra na loja. A operada nos informou que a adulteração de cada máquina custava R$ 5 mil aos bandidos".

Dias após a primeira visita, o falso técnico voltava ao local e trocava os aparelhos. Assim, ele ia embora com o micro-processador que armazenava dados e senhas dos usuários de cartões. De acordo com Veloso, eles encontraram as máquinas nas três lojas porque os estelionatários não teriam retornado para buscá-las, o que é incomum. Para o delegado, este é o único indício de que poderia haver funcionários envolvidos no esquema. A Polícia Civil investiga também a origem dos equipamentos nos quais eram instalados os micro-processadores, que provavelmente foram roubados ou furtados. Um retrato falado do homem identificado como o falso técnico será divulgado pela delegacia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 338 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal