Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

12/03/2010 - Notícia da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

DIG descobre estelionatário que aplicaria o "golpe da arara" em Catanduva

Por: Antonio Sergio R. Silva

A pessoa foi presa por porte de documento falso. Confirmou que a empresa para aplicar golpes estava em fase de montagem.

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) foi verificar uma informação sobre estelionato de telefones, mas acabou descobrindo que uma pessoa de São Paulo montava esquema para aplicar o "golpe da arara" em Catanduva. Segundo informou Luís Roberto Rissi, delegado titular da DIG, a descoberta ocorreu na manhã de sexta-feira, dia 12, na Rua Colorado, Parque Flamingo.

O "golpe de arara" consiste na aquisição de mercadorias com cheques sem fundos. O delegado Rissi explicou que a DIG recebeu informação de um servidor público do Tribunal de Justiça, de Mogi das Cruzes, que haviam duas linhas de telefone comercial em seu nome em Catanduva, na rua citada. A DIG consultou a Telefonica e recebeu informação que haviam outras linhas.

"A DIG foi checar e verificamos que, na verdade, são quatro linhas instaladas num tipo de galpão. Ali estava uma pessoa que se identificou como Bruno", destacou o delegado, salientando que ao constatar o documento de identidade de Bruno verificou que era falso. "Por isso foi preso por uso de documento falso e, depois, ele declinou a sua verdadeira identidade", emendou.

Com o nome verdadeiro do indiciado, a DIG descobriu que ele tem várias passagens por furto, estelionato, formação de quadrilha e é de São Paulo. "Ele confirmou que estava montando uma empresa em Catanduva com a finalidade de aplicar golpes - o "golpe da arara" -, e levantar dinheiro. Estava em fase de preparação", finalizou.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 142 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal