Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

18/03/2011 - R7 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quatro são presos suspeitos de aplicar golpes a clientes bancários

Grupo utilizava vazamento de informações confidenciais dos clientes.

Quatro pessoas foram presas suspeitas de participarem de um esquema de golpes a clientes bancários, durante uma operação do GCF (Grupo de Combate a Facções Criminosas) do Deic (Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado), na tarde de quinta-feira (17), no Cambuci, na região central da capital paulista.

Segundo a Polícia Civil, o grupo utilizava o vazamento de informações confidenciais dos clientes bancários. Com os dados, eles conseguiam alterar até mesmo o endereço de entrega de cartões. O material era então enviado até os golpistas, que utilizavam os cartões para fazer compras e saques.

Segundo o delegado Marcio Martins Mathias, o grupo tinha uma organização em que cada integrante desempenhava uma função.

- As atividades eram o recebimento dos cartões, outra era o desbloqueio, também tinha o responsável pelas compras de produtos e o especializado em sacar dinheiros nos caixas eletrônicos

O delegado avaliou que a quadrilha pode estar agindo há oito meses.

O GCF vinha monitorando as atividades do grupo e identificando parte de seus envolvidos, quando ocorreu o alerta da entrega de novos cartões. A equipe preparou a ação e prendeu três suspeitos.

O trio forneceu então o nome e endereço de um quarto envolvido, que foi detido em casa. No local foram encontrados protocolos de entregas anteriores de cartões bancários.

Segundo Mathias, a quadrilha revelou que obtinha informações a partir de um funcionário de uma rede bancária.

- Em alguns casos, eles ligavam para o setor de atendimento ao consumidor para reclamar da demora.

A investigação também tem como objetivo comprovar o envolvimento de um bancário nas atividades dos criminosos. Os quatro suspeitos foram autuados por formação de quadrilha.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 162 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal