Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

18/03/2011 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Usina teria falsificado dados


Londres/Fortaleza. A Tokyo Electric Power Company (Tepco), operadora da usina japonesa de Fukushima Daiichi, teria falsificado dados de segurança e "desonestamente" tentado esconder problemas na área.

A informação está no documento "Lições aprendidas com o Escândalo da Usina Nuclear da Tepco", divulgado pela própria empresa e ao qual o jornal britânico "The Times" teve acesso e publicou ontem.

Em 2002, cinco executivos da operadora pediram demissão em função da suspeita de falsificação de registros de segurança em usinas nucleares, e cinco reatores foram obrigados a cessar suas operações.

Quatro anos depois, a Tepco voltou a enfrentar problemas. O governo ordenou que a empresa checasse seus dados passados depois de ter sido relatada a falsificação de temperaturas de água de resfriamento na usina Fukushima Daiichi em 1985 e em 1988, e de os dados falsificados terem sido usados em inspeções obrigatórias da usina concluídas em outubro de 2005.

Em 2007, o governo pressionou novamente a Tepco por não ter informado corretamente sobre defeitos na usina nuclear Kashiwazaki-Kariwa, danificada após um terremoto de magnitude 6,8. A empresa teria assumido às autoridades, segundo o jornal, que calculou erroneamente a quantidade de vazamento de radiação.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 129 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal