Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

16/03/2011 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende 11 em operação contra fraudes na Saúde em Roraima

Por: Andrezza Trajano


Onze pessoas foram presas nesta quarta-feira (16) em Roraima em uma operação da Polícia Federal contra supostas fraudes em licitações da Secretaria Estadual de Saúde.

Cinco pessoas ainda são procuradas.

Entre os supostos crimes apontados nas investigações, estão a compra superfaturada de medicamentos e equipamentos hospitalares, falsificação de documento público e falsa entrega de produtos empenhados.

Segundo a PF, o prejuízo aos cofres públicos pode ter ultrapassado R$ 30 milhões. Entre os presos, há servidores e ex-servidores da secretaria, além de empresários que mantêm contratos com o governo estadual.

A Justiça determinou o bloqueio das contas dos envolvidos e a indisponibilidade dos bens.

Será criada uma força-tarefa com integrantes da Polícia Federal, Tribunal de Contas do Estado, CGU (Controladoria-Geral da União), Ministérios Públicos Estadual, Federal e de Contas, para analisar toda a documentação recolhida. Serão analisados contratos de até dez anos atrás firmados junto à empresa envolvida na investigação.

A CGU disse que, ao analisar preliminarmente a documentação apreendida, já encontrou indício de desvio de verba federal. A investigação tratava apenas de recurso estadual e será ampliada para os municípios.

OUTRO LADO

O governador José de Anchieta Júnior (PSDB) disse que tem colaborado com a Justiça, enviando para análise das autoridades toda a documentação solicitada.

Falou que no início deste ano determinou que a Polícia Civil abrisse inquérito policial para investigar possíveis irregularidades na secretaria e que atendeu a recomendação do TCE, exonerando três servidores supostamente envolvidos com o esquema fraudulento.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 181 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal