Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

12/03/2011 - Diário do Pará Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presa quadrilha que clonava cartões em tempo real


Na tarde de ontem, quatro homens foram presos no momento em que armavam o cenário para praticar a fraude de clonagem de cartões de créditos.

Os quatro homens usaram o conhecimento que têm para se dar bem na vida. Eles foram abordados por policiais da Rotam enquanto preparavam o ambiente, em um caixa eletrônico de um supermercado, no bairro de Fátima, em Belém.

Serafim Rodrigues da Silva, Francisco de Souza Bil, John Lennon Amador dos Santos e Marcelo João Andrade dos Santos agiam com monitor, teclado e câmeras de vídeo de caixa eletrônico. Na tarde de ontem, por volta das 13h, sem pudor nenhum, Serafim Rodrigues da Silva e John Lennon Amador dos Santos foram adaptar os equipamentos falsos.

“Uma pessoa desconfiou da ação deles e fez a denúncia para a viatura da Rotam. Os policiais foram no local e flagraram os dois. Nós preparamos o cerco para encontrar os outros dois envolvidos. Eles foram presos horas depois atrás do terminal rodoviário”, explicou o tenente – coronel Neil, da Rotam.

Serafim e John Lennon foram os primeiros a ser presos. Os policiais sabiam que havia mais envolvidos. Fizeram uma espécie de armadilha e conseguiram prender Francisco de Souza e Marcelo João Andrade, que é apontado como o financiador do bando no Pará.

“Ele que dá todo o suporte, disponibiliza carro e hotel”, explicou a delegada Beatriz Silveira, da Delegacia de Repressão contra Crimes Tecnológicos. Todos são do Ceará, com exceção de Marcelo, que é paraense

COMO FUNCIONA

O sistema de clonagem vem se aperfeiçoando. A quadrilha adapta suportes de monitores e teclados de caixa eletrônico. “Eles colocam por cima, colam o monitor, o teclado e o caixote onde é colocado o cartão. Além disso, eles acoplam três microcamêras que servem para eles lerem a senha do cliente. Essa quadrilha está avançada. Eles acompanham toda a transação bancária em tempo real, pois no monitor fica adaptado um modem”, detalhou a delegada.

Os policiais apreenderam um notebook, equipamentos de caixa eletrônico, telefones celulares, cartões bancários e um veículo da marca Civic. Todos foram autuados em flagrante por formação de quadrilha, identidade falsa e furto proveniente de fraude.

DEFESA

O único que assumiu o envolvimento na quadrilha foi Serafim. Ele disse que estava na companhia de John Lennon e os dois iam adaptar os equipamentos. Já Marcelo e Francisco negam. “Eu não sou chefe de nada, apenas estava como motorista deles, eu não sabia que eles mexiam com essas coisas, pensei que eles trabalhassem com gesso”.

Francisco informou que eles trabalham com gesso, mas ficam viajando em busca de serviço. Eles estavam morando em São Paulo, mas em virtude do desemprego vieram para Belém.

A delegada Beatriz disse que essa quadrilha já age há dez anos. Eles são do Ceará e iniciaram esse sistema de clonagem no Nordeste. No ano passado, a polícia de São Paulo prendeu no estado uma quadrilha que praticava exatamente o mesmo truque.

A delegada deu algumas dicas para as pessoas evitarem ser vítimas. “Toda vez que for usar o caixa eletrônico, dê uma sacudida no monitor, no teclado e naquela caixa usada para colocar o cartão, se estiver um pouco solto nem inicie a transação. E a dica principal é nunca pedir ajuda para estranhos”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 753 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal