Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

11/03/2011 - Circuito Mato Grosso Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é preso por falsidade ideológica


Geones Silva Costa, 35, foi preso na madrugada desta sexta (11), acusado de falsificar e usar documento e corrupção ativa, após ser abordado por policiais militares, no centro de Várzea Grande.

Ele dirigia um automóvel BMW e no momento da abordagem, se apresentou como investigador da Polícia Civil e entregou uma carteira. Os policiais suspeitaram, especialmente após encontrarem no veículo, um litro de uísque que custa R$ 850.

Como o carro que dirigia era muito caro para o salário de um policial civil, suspeitando os PMs checaram o documento e descobriram que era falso. Para não ser detido, segundo os policiais, Costa ofereceu R$ 30 mil para ser liberado. Ele foi levado ao Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) do Parque do Lago.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 960 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: Francisco de Souza - 12/03/2011 13:13

Geones Silva Costa, 32 anos, responde por posse de revólver 38 com numeração raspada e 75munições em 2009, em Várzea Grande, MT Posse de revólver 38 em 2010, em Várzea Grande, MT E, posse de entorpecentes em 2009, em Várzea Grande, MT. Declara-se vendedor de produtos de informáticas atualmente, sendo que antes era vendedor de motos, e, depois carros, tendo tido uma garagem em Cuiabá, MT, em sociedade com um sobrinho, preso por assalto a postos de gasolina em Várzea Grande, MT.



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal