Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

10/03/2011 - A Crítica (Manaus) Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpe do diploma falsificado está se tornando cada vez mais comum em Manaus

Por: Júlio Pedrosa

Dorgival Ribeiro diz ter sido enganado por suposto funcionário da Seduc ao buscar cópias de certificado de conclusão e histórico.

O técnico de enfermagem maranhense Dorgival dos Santos Segundo Ribeiro, 29, foi vítima de um golpe que está se tornando cada vez mais comum em Manaus: a emissão de certificados de conclusão do ensino médio falsos.

O problema com ele ocorreu quando tentou obter, segundo afirma, de forma “mais rápida”, cópias de seu certificado de conclusão de ensino médio e histórico escolar de uma escola do Maranhão.

Para evitar a despesa de ter que ir ao Estado de origem, ele tentou intermediar o processo de emissão da segunda via dos documentos, por meio de um suposto funcionário da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), que prometeu obter as cópias mediante pagamento de R$ 250. O dinheiro foi pago antecipadamente.

Mas ao invés do certificado da Escola Estadual Liceu Maranhense, onde estudou em São Luiz, Dorgival recebeu um certificado de conclusão falso, supostamente emitido pela Escola Estadual Djalma Batista, do Japiim.

Morando em Manaus desde 2005, Dorgival nunca frequentou um estabelecimento de ensino local. Mesmo assim aceitou o documento.

“Quando recebi o diploma falso, percebi que havia sido enganado e fiquei impressionado com a facilidade com que o serviço foi feito”, afirma.

Com o certificado, Dorgival pretendia obter a segunda via da carteira de identificação do Conselho Regional de Enfermagem (Coren), o que acabou não acontecendo porque o órgão descobriu a fraude.

Acidente

Dorgival trabalha há quatro anos com assistência à saúde indígena em aldeias no Interior. Em maio de 2009, durante deslocamento de barco no município de Barcelos, ele conta que perdeu todos os originais de seus documentos - tanto do certificado de conclusão quanto do histórico escolar - quando a voadeira em que viajava naufragou.

“Fiquei durante um tempo sem saber como fazer pra reaver minha documentação, foi então que um vizinho, que se identificou como Maurício Correia, me disse que conhecia alguém na Seduc que teria acesso ao sistema das secretarias de Educação de todo o País e cobrou adiantado pelo serviço”, afirmou.

Dos documentos pessoais, Dorgival à época ficou apenas com o registro de nascimento porque não o havia levado na viagem. Da época do acidente até hoje, ele está sem a sua carteira de identificação do Coren, além de amargar o prejuízo de ter sido vítima de um golpe.

“Infelizmente, existem pessoas que se aproveitam da necessidade dos outros para enganar e se dar bem”, lamentou o enfermeiro, explicando que desde o início sua intenção era de obter uma cópia do seu documento verdadeiro.

O próprio Dorgival reconhece que não agiu certo ao aceitar o negócio. “Quando procurei o rapaz, ele informou que faria tudo, só ia precisar da taxa. Depois veio com uma conversa de dizer que não sabia o que era um histórico escolar e cheguei a entregar a ele o original do histórico escolar do meu irmão, que ele levou para produzir novas falsificações”, explica.

Dorgival afirma não ter visto mais o acusado após entregar o documento a ele. “Ele chegou a me ligar dizendo que só entregaria se eu pagasse mais R$ 250”, contou.

O enfermeiro prestou queixa do caso em julho de 2010 no 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP). “Não faço mais nem questão de conseguir o dinheiro de volta, quero que ele (Maurício) me traga o histórico escolar do meu irmão”, explica, alertando para que outras pessoas não caiam no mesmo golpe.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 208 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal