Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

10/03/2011 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Turista japonês é preso por tentar aplicar o golpe do furto da bagagem

Por: Vinícius Lisboa


RIO - Um turista japonês foi preso em flagrante por policiais da Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat), nesta quarta-feira, por estelionato. De acordo com os agentes, o universitário Takuya Nemoto, de 27 anos, procurou a delegacia para comunicar o furto de sua bagagem, que foi encontrada pelos policiais no quarto em que ele estava hospedado. O turista pretendia receber o dinheiro do seguro para turistas, feito no Japão. Ele foi apresentado na Deat na manhã desta quinta-feira, e será encaminhado à Polinter, onde ficará detido.

Nemoto foi à Deat na noite de quarta-feira para registrar o "furto" de sua bagagem, que teria ocorrido na tarde do mesmo dia, em uma praça do Centro que o turista não sabia informar. Ele contou que seguia em direção ao sambódromo, mas que se perdeu e sentou na praça, onde foi furtado após um momento de distração.

Os policiais decidiram então verificar o ocorrido, já que o turista não soube explicar o porquê de ter levado um laptop, um celular e uma mala para a Marquês de Sapucaí, que juntos valiam US$ 3,5 mil. Nemoto confessou quando guiava os agentes para o motel onde estava hospedado, na Rua do Senado, no Centro. Os policiais entraram no quarto do japonês, e encontraram os objetos que ele alegava ter perdido.

- Eu menti. Sinto muito - repetia Takuya em inglês durante a apresentação, fazendo a tradicional reverência japonesa de curvar o tronco.

O turista explica que pensou no golpe após ter perdido uma mala com US$ 800 quando vinha do Chile para o Rio, no dia 7 de março. Nemoto está em uma viagem ao redor do mundo desde 14 de fevereiro, e seguiria para a Espanha hoje.

Representantes do consulado japonês estiveram na delegacia nesta manhã para conferir se o detido tinha advogado. A delegada titular da Deat, Renata Teixeira de Assis, explicou que o turista será julgado no Brasil, e que a pena será de até 4 anos.

- Ele será julgado pelo crime, previsto pelo Código Penal, como qualquer cidadão brasileiro - disse a delegada.

Em julho de 2009, duas inglesas também tentaram aplicar o golpe, mas a polícia encontrou todo o material que elas alegaram ter sido furtado no quarto em que a dupla estava hospedada, em Copacabana.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 177 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal