Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

02/03/2011 - Olhar Direto Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Terceirização da saúde é para ocultar fraudes, critica Taques

Por: Vinícius Tavares


O senador Pedro Taques (PDT/MT) não vê com bons olhos a iniciativa do secretário de Saúde, Pedro Henry, em terceirizar a administração de hospitais púbicos por meio da contratação de OSSs (Organizações Sociais de Saúde), também conhecidas como OSCIPs (Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público).

Na avaliação do ex-procurador da República, serviços públicos como a saúde devem ser administrados eminentemente por meio do poder público através de políticas sérias que visem mudar o quadro atual.

“Há duas leis que proíbem que os serviços públicos de saúde sejam terceirizados. A Lei 8.140 e a 8.080. Fora isso, está na Constituição Federal que a saúde é pública”, justificou o senador em relação ao artigo 196 da Carta Magna, segundo o qual a saúde é direito de todos e dever do Estado.

Para o senador pedetista, a contratação de Oscips ou OSS “são uma certa forma para escamotear” fraudes provocadas por gestores a partir do desvio de recursos públicos que são repassados para diversas entidades privadas. “Para mim, a saúde tem que ser eminentemente pública”, concluiu o parlamentar.

No entanto, durante entrevista concedida ao Olhar Direto, o secretário Pedro Henry voltou a defender a terceirização. Henry explicou que pretende realizar convênios com as OSS para gerir os hospitais, pois o custo da administração destas unidades é muito alto. Ele ressalta ainda que a parceria não irá entregar o bem público à OSS, tudo permanecerá de poder do Estado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 148 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal