Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

02/03/2011 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é indiciado por vender documentos para visto americano

Documentos falsos eram usados na entrevista. Homem atuava nas proximidades do consulado, na Zona Sul de SP.

Um homem de 35 anos foi indiciado nesta quarta-feira (2) suspeito de fornecer documentos falsos para pessoas que desejavam obter o visto de entrada nos Estados Unidos. As investigações chegaram ao homem depois que duas pessoas apresentaram documentação falsa durante entrevista para solicitação de visto no Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo.

A negociação era feita na região de Santo Amaro, nas proximidades do consulado. O homem que oferecia o pacote cobrou de um dos clientes um adiantamento de R$ 2 mil. Outro pagamento de R$ 4 mil ia ser feito caso o solicitante obtivesse o visto. As duas pessoas que compraram o pacote, uma do Rio Grande do Sul e outra de Minas Gerais, também foram indiciadas. Os clientes ficaram sabendo dos serviços do falsário por meio de indicação.

A operação foi resultado de uma ação conjunta do Departamento de Combate à Fraude do Consulado dos EUA e da Polícia Civil de São Paulo, que investigam quadrilhas especializadas em fraude de documentos.

Histórico

Este é o quinto caso de 2011. Em 2010 foram registrados 36 prisões ou indiciamentos devido a fraudes na documentação apresentada ao consulado.

No final de 2009, autoridades brasileiras e norte-americanas desmantelaram uma quadrilha internacional que fraudava o sistema de concessão de vistos para trabalho temporário nos EUA (visto H2B) desde 2002. A operação foi batizada de Anarquia. Onze pessoas foram presas em quatro estados brasileiros: São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 131 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal