Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

03/03/2011 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem preso com cédulas de R$ 50 falsas


Após sete dias livre da prisão, o vendedor Marildo da Costa Silva, de 33 anos, foi preso novamente. Com ele, policiais militares do Serviço de Inteligência do 3º Batalhão apreenderam R$ 8.100 em notas de R$ 50 falsas. O dinheiro estava escondido num dos cômodos da casa dele, na avenida Gonçalo Antunes de Barros, no bairro Carumbé. Além do dinheiro, os PMs apreenderam um fuzil 7,65m e dezenas de munições.

A prisão ocorreu ontem de manhã, após cumprimento de mandado de busca e apreensão. A princípio, os policiais acreditavam estar diante de uma movimentada boca-de-fumo. “De fato, encontramos muitos apetrechos de uma boca-de-fumo, como balança de precisão, plástico cortado, mas droga nada”, informou um dos policiais.

Ao fazer uma checagem, os policiais localizaram as cédulas falsas escondidas num pacote. Os PMs suspeitam de que ele iria fazer um derrame dessas notas no período do Carnaval, principalmente em eventos. “É muito dinheiro falso. Com certeza, iria dar muito prejuízo às pessoas”, observou um dos policiais.

No Plantão Metropolitano, Marildo negou que estivesse despejando as notas falsas no comércio. Alegou que foi preso há uma semana justamente por causa do dinheiro. Ele explicou que ficou uma parte na casa e iria queimá-la assim que saísse da prisão. “Se for verdade mesmo, ele (Marildo) deve ter tido um problemão para encontrar fósforo e providenciar a incineração das cédulas”, brincou um dos policiais.

Autuado por uso de moeda falsa e por porte ilegal de arma, Marildo vai retornar ao presídio. Os policiais acreditam que a apreensão do dinheiro falso evitou que muitos comerciantes tivessem um grande prejuízo nesse carnaval, principalmente quem trabalha em eventos na Baixada Cuiabana. (AR)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 275 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal