Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2017 SOBRE FRAUDES e DOCUMENTOSCOPIA

Veja aqui a programação dos últimos treinamentos sobre Falsificações e Fraudes Documentais (16/11) e sobre Prevenção e Combate a Fraudes em Empresas (30/11).

Acompanhe nosso Twitter

26/02/2011 - Jornal Cruzeiro do Sul Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpes contra idosos. O último furto


No último golpe praticado contra idosos na Vila Santana, sábado passado (19), uma das integrantes da quadrilha especializada, que tem atuado no bairro, teve a ousadia de fugir de táxi após furtar mais de R$ 1 mil de uma senhora de 86 anos na rua Souza Moraes.

A família descobriu que a golpista escapou utilizando o veículo porque ela deixou cair um documento de identificação de gratuidade do transporte urbano e outro de atendimento no Sistema Único de Saúde, que estavam na carteira da idosa levada no momento do furto.

O taxista que a transportou, Luiz Carlos da Silva, do ponto Cemitério da Saudade na Praça Pedro de Toledo, a alguns metros da casa da aposentada, disse que a mulher entrou no carro agitada e deu um roteiro de percurso para que ele seguisse até a Vila Barão, onde desceu.

"Achei estranho: ela estava com pressa e olhava muito para traz. Além disso, tinha um percurso definido na cabeça. No final, até gostei porque me deu uma gorjeta. Mas, se soubesse que era pilantra, eu teria levado essa mulher para a polícia", afirmou ele.

Vizinhos disseram que a golpista, identificada apenas como Neide, se apresentou à senhora perto de 11 horas dizendo que tinha uma neta recém-nascida, cuja mãe não produzia leite próprio e nem tinha dinheiro para comprar, e solicitou ajuda financeira.

A aposentada se solidarizou com ela e pediu que esperasse até apanhar o dinheiro. A golpista observou que a senhora retirou R$ 20,00 de algum lugar do quarto. Após pegar a nota, Neide reclamou do sol forte para solicitar então um copo de água.

Quando a aposentada foi à cozinha buscar a água, a mulher entrou no quarto e encontrou a carteira dela em cima da cama. Rapidamente, guardou o volume em sua bolsa e voltou para a entrada da casa. Recebeu a água, tomou, agradeceu e foi embora. O dinheiro furtado era todo o benefício deste mês e as economias dos últimos quatro meses. (E.O.)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 146 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal