Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/07/2007 - Jornal do Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Spams com imagens do acidente aéreo da TAM podem causar prejuízos em computadores


Usuários da Internet devem ter cuidado ao receber e-mails sobre o acidente aéreo ocorrido na noite de terça-feira (17) com avião da TAM, no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. “É muito comum após tragédias deste tipo o envio de spams (e-mails indesejados) com supostas imagens do acidente”, alerta o assessor de segurança digital da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) Juan Mussini.

“Para evitar prejuízos ao receber estes spams, a curiosidade deve ser deixada de lado e o usuário deve excluí-lo imediatamente”, recomenda Mussini. Caso contrário, informações como senhas de banco, números de cartão de conta corrente e cartão de crédito podem ser roubados da máquina. São vários os tipos de ataques virtuais, entre eles: vírus, cavalos de tróia e phishing (fraude eletrônica).

A intenção de muitos e-mails pode ser de um simples boato até mesmo transformar a máquina em um “zumbi”, que fica sob o comando de um cracker (criminoso virtual), que pode utilizá-la no futuro para fazer um ataque de negação de serviço, ou seja, sobrecarregar um servidor com pedidos ou requisições deixando-o indisponível.

Saiba mais:

Vírus: na terminologia da segurança de computadores, um vírus é um programa malicioso desenvolvido por programadores que, como um vírus biológico, infecta o sistema, faz cópias de si mesmo e tenta se espalhar para outros computadores, utilizando-se de diversos meios. A maioria das contaminações ocorrem pela ação do usuário executando o anexo de um e-mail. A segunda causa de contaminação é por Sistema Operacional desatualizado, sem a aplicação de corretivos que bloqueiam chamadas maliciosas nas portas do micro.

Cavalo de Tróia: é um programa que age como a lenda do cavalo de Tróia, entrando no computador, e liberando uma porta para um possível invasor. Os trojans atuais são disfarçados de programas legítimos embora, diferentemente do vírus ou dos worms, não criem réplicas de si. São instalados diretamente no computador. De fato, alguns trojan são programados para se auto-destruir com um comando do cliente ou depois de um determinado tempo. Os trojans atuais são divididos em duas partes, o servidor e o cliente. Normalmente o servidor está oculto em algum outro arquivo, e no momento que este arquivo é executado, o servidor se instala e se oculta no computador da vítima; a partir deste momento, o computador pode ser acessado pelo cliente, que irá enviar informações para o servidor executar certas operações no computador da vítima. Geralmente um trojan é instalado com o auxílio de um ataque de engenharia social, com apelos para convencer a vítima a executar o arquivo do servidor.

Phishing: é um tipo de fraude eletrônica projetada para roubar informações valiosas particulares. Em um phishing (também conhecido como phishing scam, ou apenas scam), uma pessoa mal-intencionada envia uma mensagem eletrônica, geralmente um e-mail, recado no site Orkut ("scrap"), entre outros exemplos. Utilizando de pretextos falsos, tenta enganar a pessoa receptora da mensagem e induzi-la a fornecer informações sensíveis (números de cartões de crédito, senhas, dados de contas bancárias, entre outras) ou baixar e executar e arquivos que permitam o roubo futuro de informações ou o acesso não autorizado ao sistema da vítima.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 409 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal