Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/02/2011 - Bom Dia Sorocaba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

O ‘telemarketing do crime’ está instalado em presídios do Rio de Janeiro e do Ceará

Por: João Paulo Sardinha

Bandidos ligam de presídios.

A reportagem do BOM DIA pesquisou em páginas da internet e encontrou dezenas de pessoas que, ao caírem no golpe, resolveram contar suas experiências.

Fato curioso é que a grande maioria recebeu mensagem de celulares com DDD de Fortaleza (085) e Rio de Janeiro (021).
Essas seriam as ‘capitais do golpe telefônico’??? Para a Polícia Civil, a resposta é positiva.

O delegado assistente da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de São José, Neimar Camargo Mendes, confirmou que é comum presidiários desses dois estados praticarem essa modalidade de crime.
“Tem muita gente do Rio, talvez pela grande concentração de presos por lá”, afirmou.

Crime

De acordo com o delegado, na maioria das vezes, os golpistas pedem para que a vítima compre cartões de crédito para celular pré-pago.
Quando ela faz isso, os criminosos pedem para que seja fornecida a sequência numérica do cartão.

Com esse golpe, os presos têm a chance de manter seus celulares sempre com crédito, o que possibilita o contato com o lado de fora do presídio.

Fone

Podem conversar com os familiares, comandar o tráfico de droga e aplicar outros golpes. O falso sequestro é um deles. “Houve época em que era muito comum trotes de gente que se dizia do SBT. Elas enganam as pessoas para colocar crédito mesmo”, completou.
A lição: mensagem oferecendo prêmio, enviada do Rio ou Fortaleza? Desconfie.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 322 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal