Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/02/2011 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia acha ‘fábrica’ de documentos

Por: Adilson Rosa

Casal de golpistas foi preso em VG de posse de dezenas de documentos, sobretudo de servidores públicos com os quais conseguiam empréstimos.

Dois golpistas foram presos numa casa do Jardim Imperador, em Várzea Grande, com dezenas de documentos e equipamentos utilizados para a falsificação sob encomenda. Eles são acusados de falsificar documentos de funcionários da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) para obter empréstimos consignados. No local, conhecido como “escritório do crime”, policiais militares do Serviço de Inteligência do 3º Batalhão prenderam Weinden Silva Rocha, de 29 anos, e sua cúmplice e esposa Heckyelly Mendes Pereira, de 23.

A dupla de falsários foi flagrada com mais de uma dúzia de documentos de funcionários públicos prontos para novos empréstimos consignados. Até agora os policiais localizaram apenas uma vítima que teve o empréstimo aprovado, mas eles acreditam que mais gente possa ter sido lesada.

Na casa, os policiais apreenderam 62 carteiras nacionais de habilitação (CNH) de diversos nomes, 14 cédulas em branco de Certificado de Registro de Veículo (CRV), além de uma carteira de investigador de polícia em nome de Weiden com foto de outra pessoa. Os equipamentos, avaliados em cerca de R$ 200 mil, falsificavam qualquer tipo de documento – do mais simples ao mais sofisticado – e atendia a todo o Estado.

“Falsificava documentos pessoais, de veículos, carteira de motorista, atestado de óbito, escritura de imóveis, holerites, tudo. Bastava escolher e combinar o preço. Os equipamentos de última geração garantiam a qualidade da falsificação”, disse um dos policiais.

Segundo os policiais, na parte da manhã, eles detiveram Weiden quando ele saía de casa num New Civic vermelho. Na casa, além da esposa, havia um casal cuja participação não foi comprovada.

Ao entrar no recinto, depararam-se com dezenas de documentos aparentando ser falsificados. “O trabalho dos falsários é tão bom que, em princípio, acreditavam ser verdadeiros, mas confirmamos que são todos falsificados”, explicou um dos policiais.

O esquema foi desvendado após um servidor público descobrir que os golpistas tinham feito um empréstimo no valor de R$ 75 mil. Não satisfeito, tentaram um segundo crédito, mas a financeira desconfiou e ligou para o servidor e, este, então descobriu ter sido vítima de um golpe.

“O servidor público descobriu também que o falsário abriu uma conta em nome dele (vítima) na mesma agência usando o nome da vítima. Foram usados uma CNH e documento de veículos falsificados. E o gerente não desconfiou. É mais uma prova do estelionato”, completou.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 407 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal