Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/02/2011 - Jornal da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Vítima de estelionato presta queixa na delegacia


Mulher procurou Polícia Civil com suspeita de ter sido vítima de estelionato. A desconfiança aconteceu quando a supervisora educacional J.D.J., 50 anos, tentou realizar uma compra na tarde de sábado (19) e foi informada de que um cheque dela do Estado de São Paulo tinha sido devolvido. Ela afirma que nunca teve conta em outro Estado.

A vítima relatou ao policial que foi até uma loja na avenida Leopoldino de Oliveira, no centro da cidade, com intuito de realizar uma compra. No entanto, ela foi informada que foi impedida de concretizar o negócio porque tinha um cheque devolvido em seu nome.

Para a surpresa da vítima, ela foi informada pela funcionária da empresa que o cheque seria de uma agência do Bradesco, onde, segundo a vítima, ela nunca teve conta. A funcionária da loja ainda mostrou um fax que apresentava um cheque no valor de R$799.

O cheque seria de uma agência na cidade de Olímpia (SP), que a vítima negou, inclusive, conhecer tal cidade. O CPF que estava no cheque era o mesmo da vítima, no entanto, o número de identidade era de outra pessoa, expedido no Estado de São Paulo.

Em seguida, J. relatou que se deslocou até outra loja, na avenida Abílio Borges, com o intuito de realizar a mesma compra. Porém, também foi barrada, acusada de estar com o nome negativo.

Na tarde de segunda-feira (21), ela recebeu um telefonema em que a pessoa que falava ao telefone estava querendo confirmar o endereço e a assinatura de uma revista voltada ao público feminino. Ela negou ser assinante da revista e afirmou que se deslocaria à delegacia para prestar queixa.

Na unidade policial, ela foi questionada se tinha perdido os documentos. A vítima confirmou que perdeu seus documentos, no entanto, foi há 20 anos. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 119 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal