Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/02/2011 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpe do aluguel pela internet põe por água abaixo viagem no carnaval

Pessoas de vários estados do país caíram em um golpe ao alugar pela web. Veja dicas para não ser enganado por esse tipo de golpista.

A duas semanas do carnaval, os planos de viajar no feriado foram por água abaixo para muita gente. Pessoas de vários estados do Brasil alugaram apartamentos pela internet e caíram em um golpe do mundo virtual.

O plano parecia perfeito: passar o carnaval de 2011 com uma amiga no Rio. “Bom, uma amiga e eu já tínhamos comprado uma passagem e procurávamos um imóvel para alugar. Apareceu essa sugestão de apartamento. Superbonito. Bem equipado. Era o que a gente queria”, diz a jornalista Ana Raquel Samadello.

Sem tempo para sair de São Paulo, as amigas fizeram toda a negociação pela internet.”Trocamos alguns e-mails (...). Ela disse ‘não, você deposita 50%. Está aqui o meu CPF. Está aqui a minha conta, o meu nome inteiro, a agência. A gente falou, ‘bom, tá tudo certo, né? E aí a gente fez o depósito”, diz Ana. Depois que o dinheiro caiu na conta “ela sumiu”, afirma.

A pessoa para quem Ana disse ter feito o depósito atende pelo nome de Maria de Fátima Santana de Andrade e age sempre da mesma maneira: anúncios falsos em páginas de internet especializadas em aluguel para temporada.

Todo o país

Maria de Fátima é do Rio, mas a equipe do Fantástico encontrou vítimas por todo o país: em São Paulo, no Rio Grande do Sul e no Ceará.

Uma delas é a paulistana Ana Raquel, que pagou R$ 650 de entrada para ter a vista da Urca no carnaval. A equipe do Fantástico foi até lá para ver o imóvel. A surpresa é que no local só tem cinco apartamentos, do número 101 ao 501, e o que estava reservado para as amigas era o número 504.

O Fantástico visitou os endereços anunciados, todos na zona sul, a parte mais rica da cidade. Um deles, por exemplo, fica bem pertinho do mar, na Urca, bairro de muita gente famosa, como o cantor Roberto Carlos.

A resposta foi sempre a mesma: o apartamento não existe, ou existe, mas não está para alugar.

Em Botafogo, uma situação curiosa foi encontrada. O prédio do apartamento que foi colocado para alugar, no número 117, fica a poucos metros de onde a própria Maria de Fátima morava, na mesma rua, no número 107.

Mais vítimas

Um grupo de amigas de Fortaleza chegou a formalizar um contrato para o carnaval.

“A gente foi negociando. Ela pediu o valor de R$ 2 mil. A gente pediu pra ela baixar. Ela fez por R$ 1,6 mil e a gente resolveu fazer negócio”, revela a economista Raissa Silveira Teófilo.

“Após fazer o depósito, tentamos entrar em contato com ela e foi quando ela já não atendia mais o celular nem respondia e-mail”, diz a bióloga Darcy Maira.

Rio Grande do Sul

Uma funcionária pública do Rio Grande do Sul, que prefere não mostrar o rosto, pagou R$ 525 pela reserva de um apartamento em Ipanema.

“Fomos até o Rio de Janeiro e, chegando lá, na hora de procurar o imóvel, encontrei o prédio. Falei com o porteiro. Aí foi aquela surpresa bem desagradável. Quando o porteiro disse que aquele imóvel estava desocupado fazia um mês e ele não estava disponível para aluguel de temporada.

O apartamento em Ipanema que estava sendo alugado pela internet fica no terceiro andar, número 301.

“A gente acabou indo para um hotel”, afirma.

Estelionato

O que a golpista faz é estelionato, com a pena de um a cinco anos de prisão. Várias vítimas registraram boletins de ocorrência. A polícia do Rio afirma que está investigando.

“Há indícios que tem uma quadrilha praticando esse golpe”, diz Cristiana Miguel Bento, delegada assistente da 12ª DP, de Copacabana.

Segundo a polícia, Maria de Fátima tem uma cúmplice: Elisângela Augusto Maia, com quem o Fantástico tentou falar.

Fantástico: “Elisângela?”

Elisângela: “Sim”

Fantástico: “Que aluga apartamento?”

Elisângela: “Sim”

Fantástico: “Elisângela Augusto Maia?

Elisângela: “Sim”

Fantástico: “Meu nome é Renata, sou repórter da TV Globo”

Elisângela: “tu, tu, tu..." (desliga o telefone)

Depois disso, o telefone, que tem DDD de Belo Horizonte, só caiu na caixa postal.

No subúrbio do Rio, a equipe do Fantástico localizou uma pessoa próxima à Maria de Fátima. Ela não quis gravar entrevista, mas disse que as duas golpistas vivem em Belo Horizonte.

Carnaval 'superbacana'

“Eu acho que realmente a confiança falou mais alto. A gente acabou caindo nesse golpe”, diz Ana Raquel.

“E a vontade de pagar menos, né?”, pergunta a repórter do Fantástico. “Pois é, menina. A promessa de um carnaval superbacana no Rio de Janeiro. Mas não foi dessa vez”, diz Ana.

Dicas para não cair nos golpes

1. Use a internet a seu favor
Use a própria internet para buscar informações. “Vamos pesquisar informações relacionadas aquele imóvel, à pessoa que, entre aspas, está locando aquele imóvel, verificar se existe alguma reclamação”, diz o professor de direito eletrônico Renato Ópice Blum

2. Dê trabalho ao locador
Peça referências e solicite uma certidão de protestos, por exemplo.

3. Desconfie de ofertas milagrosas
Compare os preços. E lembre-se de que eles aumentam nos feriados. “É preciso desconfiar também de um valor R$ 1,5 mil para o carnaval? Isso não existe. R$ 1,5 mil para o carnaval é um valor que não existe", diz a corretora de imóveis Ane Aguirre.

4. Guarde as provas
E, por último, não se esqueça de guardar as provas. “Com a utilização dessas evidências da fraude, do comprovante de depósito, do e-mail que ela recebeu, da oferta que foi feita. Isso pode levar a uma condenação futura”, diz Blum.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 358 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal