Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/02/2011 - Mídia News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

CDL alerta sobre fraudes com cartão de crédito e débito

Por: Katiana Pereira

Golpistas agem em lojas e postos de gasolina, aponta estudo; empresas também são alvos.

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Mato Grosso distribuiu, nesta semana, um comunicado no qual alerta sobre um novo golpe envolvendo cartões de crédito e débito, em Cuiabá.

A maioria dos usuários de cartão acredita que os cartões de débitos são protegidos de fraudes, mas, segundo a CDL, um pequeno descuido pode fazer o consumidor cair no golpe.

Na nova prática golpista, o atendente passa o cartão na maquineta e, tapando com a mão o visor, pede que a pessoa digite a senha.

Nessa hora, o golpe já está em andamento, pois o campo que o atendente disponibiliza para o dono do cartão digitar a senha é, na verdade, o do valor do consumo, em que os números ficam visíveis.

Depois que o consumidor digita a senha, o atendente leva a maquineta para o balcão e anota os números digitados. Com a senha copiada, o atendente volta até o cliente e diz que não foi possível a conexão completa, e refaz toda a operação.

"Mas aí ele já detém a senha do consumidor, que ele usará criminosamente", informa o especialista em fraudes, Arnaldo Ferreira dos Santos, da CDL.

O presidente da Federação das CDLs de Mato Grosso, José Alberto Vieira de Aguiar, dise que esse tipo golpe tem sido aplicado em operação em posto de gasolina e que todos os usuários de cartões devem ficar atentos.

"É preciso que os cidadãos estejam atentos e sempre de olho na transação com seus cartões, cuidando para que seja feita sob suas vistas e conferindo todos os dados. Os golpistas podem estar em qualquer estabelecimento ou mesmo como espião dentro dos computadores, por meio de vírus", disse Aguiar.

Mais golpe

Ainda de acordo com a CDL, um segundo golpe recorrente com cartões é o do falso funcionário de operadoras. Ele chega com crachá, documentos e todo o aparato referente a alguma marca de cartão.

O golpista oferece revisão ou uma nova tecnologia a estabelecimentos comerciais, de serviços e outros que praticam operações nesta modalidade de pagamento. Troca a máquina da empresa por uma que ele leva já com o sistema criminoso.

A máquina deixada no estabelecimento contém um chip, que gravará cerca de 100 posições de cartões. Em uma semana os criminosos voltam aos estabelecimentos, dizendo que o teste foi concluso ou que a tecnologia não foi aprovada.

Ele devolve a máquina anterior e leva a que tem gravadas as 100 posições de cartões. Essas informações gravadas serão utilizadas para dar novos golpes na praça.

Ferreira Santos, o especialista em fraudes, também alertou que é importante que os comerciantes, ao serem visitados por supostos funcionários das operadoras, além de conferirem credenciais, devem telefonar para a operadora responsável e confirmem o serviço apresentado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 216 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal