Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/02/2011 - JB Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF e CGU desarticulam esquema de fraude no programa Garantia-Safra, no Ceará


BRASÍLIA - A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira a Operação Conífera, em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público (da União e do Estado do Ceará), visando desarticular esquema criminoso de desvio de recursos públicos federais do Programa Garantia-Safra, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), no município cearense de Cedro.

A operação envolveu a realização de busca e apreensão em 12 domicílios de investigados, inclusive servidores públicos e empresários locais, todos no município de Cedro, além da própria sede da prefeitura. A ação tem a participação de 50 policiais federais e 13 servidores da CGU, objetivando colher material probatório da fraude e dos vínculos entre os participantes do esquema, para instauração da açãopenal e efetiva punição dos envolvidos.

A ação de hoje é consequência de inquérito policial instaurado em 2009 para apurar denúncias encaminhadas por quatro vereadores de Cedro à CGU e ao Ministério Público do Estado do Ceará, dando conta de que os gestores públicos do município vinham distribuindo ilicitamente recursos do Programa Garantia-Safra, destinados por lei a agricultores carentes afetados por perdas na colheita.

A denúncia relacionava 111 nomes de beneficiários irregulares, mas as apurações feitas pela CGU em conjunto com a Delegacia Federal da Agricultura no Ceará e aprofundadas posteriormente com a investigação da Polícia Federal levaram à exclusão de 163 pessoas irregularmente cadastradas pelo programa.

Entre os beneficiários irregulares estavam secretários municipais de Cedro, servidores municipais e seus parentes, prestadores de serviços à prefeitura, arrendatário de hotel na cidade, comerciantes fornecedores da prefeitura, dentre outros. Todos poderão ser condenados na Justiça Federal por crimes de estelionatoqualificado, formação de quadrilha e corrupção ativa e passiva.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 182 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal