Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/02/2011 - O Liberal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Aposentados são vítimas de golpistas

Por: Leslie Cia Silveira


Região - Uma quadrilha de golpistas que está agindo nas cidades do Interior tem como alvo os aposentados e pensionistas. Os estelionatários se identificam como representantes da Associação Nacional da Previdência, uma entidade que não existe, para ludibriar os segurados. Esses marginais fornecem informações falsas sobre o recebimento de benefícios atrasados e induzem os aposentados a fazer depósito em dinheiro para liberar os supostos valores.

Para convencer os idosos que estão dizendo a verdade, os bandidos chegam a depositar o valor referente aos benefícios na conta corrente das vítimas. Porém, os depósitos são feitos com cheques sem fundo e até essa situação ser descoberta pelo banco o golpe já foi consumado.

Conforme informações fornecidas pelo presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Lençóis Paulista, Lexandro Paulo Godinho Brígido - ao Bom Dia Brasil - os golpes estão sendo aplicados naquela região, com vários casos registrados. Porém, como a polícia está fechando o cerco nas cidades vizinhas a Lençóis Paulistas é provável que os estelionatários migrem para outros municípios do Interior.

Golpe - Tudo começa com uma ligação telefônica na qual os bandidos informam o aposentado que ele tem valor alto (cerca de R$ 50 mil) para receber referente a benefícios atrasados que não teriam sido pagos pela Previdência Social. A informação é mentirosa, mas o aposentado acredita porque após o contato telefônico a falsa Associação Nacional da Previdência envia uma carta, em papel timbrado, para a casa da vítima com os dados inventados sobre o suposto valor a ser sacado.

Nesta carta o aposentado é orientado a ligar para um escritório de advocacia, administrado pela quadrilha. Os golpistas então explicam para o aposentado que ele precisa fazer um depósito para cobrir as taxas bancárias, e assim desbloquear a quantia referente aos benefícios atrasados.

Os bandidos indicam que o depósito deve ser de aproximadamente R$ 6 mil para cobrir as despesas de liberação do valor. O aposentado acredita e paga as taxas, mas o valor não é liberado porque não existe nada retido na conta do aposentado.

Esquema - A polícia da região de Lençóis Paulista descobriu que os golpistas usam nomes de advogados que possuem registro na OAB para ludibriar as vítimas. Os marginais têm acesso a esses dados que estão disponíveis nos processos em tramitação na Justiça.

Conforme orientação do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social), em caso de dúvida, o aposentado deve entrar em contato com a Previdência Social para saber se tem valores a receber. As agências do INSS estão aptas a fornecer informações sobre todos os benefícios que o segurado tem direito.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 146 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal