Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/02/2011 - Diário Digital / Lusa Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

GNR apreende meio milhão de dólares falsos e detém 2 pessoas


A GNR deteve duas pessoas por suspeita de extorsão e apreendeu meio milhão de dólares falsos numa operação que decorreu na madrugada de hoje na área da Grande Lisboa, revelou hoje aquela força de segurança em comunicado.
Os dois detidos, com cerca de 30 anos, vão ser presentes na terça-feira ao Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa para lhes serem aplicadas as medidas de coação.

Foram também apreendidos telemóveis e outros objetos, bem como uma viatura de matrícula estrangeira, usada para a extorsão.

Fonte da GNR disse à agência Lusa que a investigação prossegue, por suspeitas de haver mais pessoas envolvidas.

Os detidos, referenciados pela prática de extorsão, já estavam a ser investigados e a ação foi realizada no âmbito de um inquérito a decorrer na Unidade de Intervenção da GNR por delegação do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 218 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal