Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/02/2011 - O Norte Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Energia. "Gato" de R$ 1 milhão em fábrica


O maior volume roubado de energia elétrica já registrado na Paraíba foi constatado ontem pela manhã durante uma fiscalização feita pela Energisa. O desvio era praticado por uma fábrica têxtil de grande porte instalada às margens da BR-101 Sul, no município de Alhandra.

A irregularidade vinha sendo cometida há cerca de um ano e pode ter desviado 6,5 gigawatts-hora e causado um prejuízo de quase R$ 1,5 milhão. A fábrica, cujo nome não foi divulgado pela Energisa, desviava parte da energia que consumia. O gerente do Departamento de Medicação e Controle de Perdas, Fabrício Alvarenga, explicou que a fraude vinha sendo monitorada pelo sistema de medição da companhia há quase um ano. Ele confirmou que o volume de energia elétrica roubado é o maior já constatado na Paraíba.

O roubo foi descoberto durante uma fiscalização realizada pelas equipes da distribuidora de energia elétrica. A inspeção foi feita através de um mandato judicial. Durante a vistoria que constatou o roubo, os técnicos da Energisa receberam o apoiode agentes da Delegacia de Serviços Concedidos (Descon) e do Instituto de Polícia Científica (IPC).

O delegado de polícia, Paulo Josafá de Araújo, disse que foi aberto um inquérito policial que investigará a fraude. A Energisa informou que abriu um processo administrativo com o objetivo de recuperar o prejuízo financeiro causado pelo desvio. A Energisa não informou se alguém chegou a ser detido por causa da descoberta da irregularidade na fábrica.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 237 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal