Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/02/2011 - Jornal Floripa Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Três policiais são presos em operação contra corrupção no Rio


Três policiais civis foram presos nesta segunda-feira acusados de cobrar dinheiro de presos em troca de mordomias dentro da carceragem da Polinter em Araruama, região dos Lagos, no Rio.

Os privilégios incluíam até o direito a receber visitas íntimas em uma sala com frigobar, ar-condicionado e cama.

Para ficar meia hora nesta "cela especial", o preso pagava R$ 50. Já uma hora custava o dobro. Ao lado, na sala de administração, havia cerca de 20 mil preservativos estocados.

As informações são do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público e da CGU (Corregedoria Geral da Unificada) da Secretaria de Segurança do Rio, que fizeram as prisões e, também, apreenderam R$ 20 mil.

Além do dinheiro, havia droga. "Uma pequena quantidade de maconha foi apreendida na sala da administração da carceragem e no banheiro do carcereiro", diz ainda nota do Gaeco.

Na carceragem, foram descobertas ainda cinco celas, com uma média de três presos cada uma, onde havia aparelho de som, DVD, ar-condicionado e vídeo game.

Para ficar em uma delas, o preso precisava pagar R$ 3.000 e depois uma quantia semanal de R$ 200, disse o Gaeco. Quem não desembolsava o dinheiro ficava nas celas comuns que chegam a abrigar até 30 detentos cada.

Ainda dentro das cinco celas especiais, foram encontrados R$ 18 mil.

Ao menos oito presos participam do esquema que contava ainda com a exploração de uma lanchonete que vendia salgados e tinha 600 garrafas de refrigerantes.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 100 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal