Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/02/2011 - Bagarai Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dicas para navegar sem sustos na internet

Hoje, dia 8 de fevereiro, é o Dia Mundial da Internet Segura, uma iniciativa adotada em 65 países.

Conscientes da importância do tema, os bancos brasileiros investem, anualmente, cerca de R$ 1,94 bilhão em segurança eletrônica. Também promovem debates a respeito do tema e vêm discutindo a necessidade de aprovação de uma lei específica para esses crimes, assim como de legislação regulamentadora da Internet no País que facilite a ação dos órgãos repressores.

As fraudes eletrônicas impactam o cliente, o banco e a sociedade, uma vez que os recursos ilícitos podem ser utilizados para irrigar a criminalidade e viabilizar outros tipos de crimes violentos.

Por fim, a FEBRABAN reitera os cuidados que os usuários devem adotar no dia-dia para o uso da Internet com segurança. A regra é estar atento. Desconfie quando ocorrem circunstâncias diferentes das habituais como solicitação de dados, comandos desconhecidos ou aparecimento de telas no Internet Banking que você nunca viu. Também não acredite em “estórias” que lhe contarem em e-mails, no MSN ou no Facebook e no Orkut, por exemplo. A mensagem estranha recebida no computador provavelmente tentará induzir o usuário a instalar um programa espião. O uso da Internet para transações financeiras em locais públicos como Cybercafés aumenta a exposição aos golpes, pois você não sabe se o ambiente é seguro, o que está instalado no computador ou se suas operações podem ser monitoradas.

Antes de dar o primeiro clique no carrinho de compras virtual dos sites de compra pela Internet, lembre-se das regras básicas de segurança. Muitas delas são medidas simples, mas eficazes para transações seguras.

1. Se for efetuar compras com seu cartão pela Internet, procure, antes, saber se o site é confiável e se tem sistema de segurança para garantia das transações;

2. Atenção com e-mails de origem desconhecida, que aguçam a sua curiosidade ou que contenham mensagens como “Você está sendo traído”; “Seu nome está na lista de devedores do Serasa (ou do SPC)”; “Confira: fotos picantes”. Esses e-mails costumam ser a porta de entrada para programas espiões que roubam as senhas do usuário e dão origem às fraudes. Na dúvida, delete o e-mail antes mesmo de abri-lo;

3. Mantenha seu sistema operacional e programas antivírus atualizados e utilize um firewall;

4. Evitar acessar sua conta por meio de sites de bancos (Internet-banking) se estiver utilizando computadores instalados em locais de grande circulação de pessoas, como cyber cafés, lan-houses e outros computadores, mesmo que pessoais, de seu local de trabalho ou estudo que são compartilhados com outras pessoas;

5. Troque periodicamente a senha utilizada para acessar seu banco na Internet;

6. Mantenha em local seguro e fora da vista de terceiros os dispositivos de segurança de seu banco, como cartões de senhas e tokens;

7. Se estiver em dúvida em relação à segurança de algum procedimento no Internet-banking, entre em contato com o banco. Prevenção é a melhor forma de segurança;

8. Acompanhe os lançamentos em sua conta corrente. Caso constate qualquer crédito ou débito irregular, entre imediatamente em contato com o banco;

9. Os bancos nunca ligam ou enviam e-mails para o cliente para solicitar senhas, nem pedem que digite todos os dados usados para autenticação de uma só vez. Em caso de desconfiança ou de estranhar o formato da tela ou algum pedido por telefone, o usuário deve entrar em contato, imediatamente, com o banco e expor claramente a sua suspeita.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 125 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal