Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/07/2007 - Midiamax Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia identifica 30 vítimas de golpista que se passava por servidor público

Por: Milena Crestani


A Polícia Civil já identificou pelo menos 30 vítimas do estelionatário Lúcio Bispo da Cruz, 40 anos, acusado de se passar por servidor da Agehab (Agência Estadual de Habitação Popular) e da Assembléia Legislativa. Ele foi preso no último dia 9 pelos policiais civis do 7º DP (Distrito Policial) de Campo Grande que, inicialmente, identificaram seis vítimas do golpista.

Segundo informações do delegado Antônio Silvano Rodrigues Mota, adjunto do 7º DP, nem todas as vítimas já procuraram a delegacia, mas foram encontrados vários documentos que comprovam as vítimas dos golpes. O estelionatário já teria lesado as vítimas em cerca de R$ 30 mil somente em Campo Grande, conforme as investigações realizadas há uma semana.

Muitas das vítimas, segundo o delegado, eram conhecidas de Lucio Bispo. Ele já trabalhou em campanhas políticas e, por isso, tinha contato com várias pessoas, sendo que, em alguns casos, o estelionatário chegou a aplicar o golpe contra quatro pessoas da mesma família.

Bispo simulava que iria financiar a casa através da Agehab e, algumas vezes, até levava as vítimas em frente aos imóveis mostrando onde elas iriam morar. Ele também simulava estar falando ao telefone com um engenheiro para negociar como a pessoa queria a casa.

No entanto, a pessoa pagava e não adquiria o imóvel, sendo que a Polícia apura se ele aplicou golpes no interior do Estado, mas, por enquanto, a informação não foi confirmada. Em outros casos, conforme a Polícia, Bispo simulava ser funcionário da Assembléia Legislativa e alegava que iria arrumar emprego para as vítimas.

Entretanto, ele exigia quantias em dinheiro que chegavam a R$ 3 mil para conseguir a vaga. As investigações sobre o estelionatário começaram depois que uma das vítimas, que perdeu R$ 2,2 mil, registrou boletim de ocorrência. Bispo permanece preso, pois também possui um mandado de prisão pode pensão alimentícia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 491 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal