Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/02/2011 - Paraná Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Gaeco prende 13 pessoas envolvidas com jogo do bicho

Por: Marcelo Vellinho


Treze pessoas envolvidas com o jogo do bicho foram presas, ontem, durante a Operação Jogo Sujo II, deflagrada pelas unidades de Londrina e Maringá do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público.

Entre os presos está o delegado João Batista Pinto, de Faxinal, no norte do Paraná, e outros dois policiais civis. A operação investiga a corrupção de agentes públicos, que agem para facilitar o jogo do bicho e lavagem de dinheiro.

De acordo com a assessoria do Ministério Público, as prisões foram decretadas pelo juiz Marcus Renato Nogueira Garcia, da comarca de Faxinal. Foram cumpridos sete mandados de prisão no Paraná, um em Goiás e um em Santa Catarina. Quatro pessoas foram detidas em flagrante, por porte ilegal de arma de fogo.

Apreensões

A polícia ainda cumpriu busca domiciliar em 29 endereços, apreendeu 34 veículos, bloqueou 11 contas bancárias e realizou sequestro de quatro imóveis. Também foram apreendidos 15 mil euros, R$ 50 mil em dinheiro, cheques e farta documentação relacionada às infrações penais investigadas.

A Operação Jogo Sujo II foi a continuação da ação realizada em dezembro, que resultou na prisão da ex-delegada de Maringá, Elza da Silva, e do delegado de Jandaia do Sul, Gustavo Nogueira, além de quatro investigadores. Foi constatado que os policiais ganhavam até R$ 4 mil mensais para facilitar a exploração do jogo do bicho.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 318 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal